Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da correlação de adiponectina, proteína C reativa e ângulo de fase em obesidade mórbida

Processo: 06/53094-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2006
Vigência (Término): 31 de agosto de 2008
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Nutrição
Pesquisador responsável:Dan Linetzky Waitzberg
Beneficiário:Lilian Mika Horie
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Adiponectina   Obesidade mórbida

Resumo

A obesidade está diretamente relacionada ao desenvolvimento de co-morbidades que podem reduzir a qualidade e expectativa de vida de pacientes portadores dessa patologia. A disponibilidade de marcadores associados ao desenvolvimento de co-morbidades em obesos é de inquestionável valor clínico. Entretanto, os marcadores freqüentemente utilizados na prática hospitalar implicam em disponibilidade de infra-estrutura, mão-de-obra especializada, gastos com reagentes e tempo hábil para realização de análises bioquímicas. O ângulo de fase, obtido por meio de bioimpedância elétrica (BIA), tem sido associado ao estado de saúde da célula e apontado como importante indicador prognóstico de diversas situações clínicas. A obtenção do ângulo de fase é um método simples e de baixo custo, que não requer infra-estrutura e mão-de-obra altamente especializada para sua realização, permite a avaliação de pacientes acamados, oferece resultados imediatos e pode ser empregado como marcador adjuvante no desenvolvimento de co-morbidades na obesidade. O presente estudo visa verificar a relação do ângulo de fase obtido de pacientes portadores de obesidade mórbida (n=100) com os marcadores padrão do risco de desenvolver co-morbidades associadas à obesidade mórbida adiponectina e PCR. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
HORIE, LILIAN M.; CRISTINA GONZALEZ, M.; TORRINHAS, RAQUEL S.; CECCONELLO, IVAN; WAITZBERG, DAN L. New Specific Equation to Estimate Resting Energy Expenditure in Severely Obese Patients. OBESITY, v. 19, n. 5, p. 1090-1094, MAY 2011. Citações Web of Science: 18.
HORIE, L. MIKA; GONZALEZ, MA C.; RASLAN, M.; TORRINHAS, R.; RODRIGUES, N. LIMA; GIMENEZ VEROTTI, C. COMERON; CECCONELLO, I.; HEYMSFIELD, S. B.; WAITZBERG, D. L. Resting energy expenditure in white and non-white severely obese women. NUTRICION HOSPITALARIA, v. 24, n. 6, p. 676-681, NOV-DEC 2009. Citações Web of Science: 5.
HORIE‚ L.M.; GONZALEZ BARBOSA-SILVA‚ M.C.; TORRINHAS‚ R.S.; TÚLIO DE MELLO‚ M.; CECCONELLO‚ I.; WAITZBERG‚ D.L. New body fat prediction equations for severely obese patients. Clinical Nutrition, v. 27, n. 3, p. 350-356, 2008.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
HORIE, Lilian Mika. Desenvolvimento de equações preditivas de composição corporal para obesos graves: uso da bioimpedância elétrica. 2008. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Medicina São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.