Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo dos efeitos do veneno da serpente crotalus durissus terrificus, da crotoxina e de suas subunidades crotapotina e fosfolipase a2 em monocamadas de celulas endoteliais em cultura.

Processo: 06/52792-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2006
Vigência (Término): 30 de setembro de 2008
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Patologia Animal
Pesquisador responsável:Catarina de Fatima Pereira Teixeira
Beneficiário:Márcio Hideki Matsubara
Instituição-sede: Instituto Butantan. Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Óxido nítrico   Células endoteliais   Crotoxina   Proliferação celular

Resumo

O veneno de Crotalus durissus terrificus e o seu componente majoritário, a crotoxina (CTx), exercem efeitos neurotóxico, antiinflamatório e afetam componentes da coagulação. Estas ações tem sido investigadas em detalhe. Contudo, os efeitos da interação desses agentes com o endotélio não foram caracterizados até o presente. O endotélio, em condições fisiológicas, é fundamental para a manutenção do estado de fluidez sangüínea e desempenha papel protetor do sistema cardiovascular. Modificações desse tecido comprometem a homeostasia e desencadeiam uma resposta imediata, de componentes fisiológicos, para o retorno ao estado normal. Desse modo, este estudo tem por objetivo avaliar e caracterizar as atividades do veneno bruto de Crotalus durissus terrificus, da CTx e de suas subunidades CA e CB, isoladas, sobre células endoteliais em cultura, quanto à: a) integridade das monocamadas, b) viabilidade celular, c) proliferação celular e d) produção de óxido nítrico. O conhecimento das ações do veneno bruto e das toxinas isoladas, sobre o endotélio, favorecerá o melhor entendimento do envenenamento crotálico. Ainda, a melhor compreensão das atividades da crotoxina e a definição da estrutura mínima de sua molécula, necessária para suas atividades biológicas e/ou tóxicas, no endotélio, poderão estender suas aplicações como ferramentas úteis para o estudo de mecanismos e funções celulares específicas, como a célula endotelial. (AU)