Busca avançada
Ano de início
Entree

Correlação entre memória, espectroscopia por ressonância magnética e descargas interictais em pacientes com epilepsia mesial do lobo temporal por esclerose hipocampal

Processo: 06/54299-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de junho de 2007
Vigência (Término): 31 de maio de 2009
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Psicologia Cognitiva
Pesquisador responsável:Elza Márcia Targas Yacubian
Beneficiário:Marcele Araujo Silva Mantoan
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Espectroscopia   Memória (psicologia)

Resumo

A Epilepsia mesial do lobo temporal (EMLT) é o protótipo para o estudo da patologia hipocampal e das funções de memória, já que o declínio da memória representa a maior parte dos prejuízos cognitivos encontrados nesta síndrome. As descargas interictais (DEIs) podem ser observadas na maioria dos casos de EMLT por esclerose hipocampal (EH), sendo também associada ao declínio cognitivo nas epilepsias. A espectroscopia (MRS) é um instrumento não invasivo que auxilia no diagnóstico e lateralização da zona epileptogênica, por meio de informações sobre o metabolismo cerebral. Este projeto tem por objetivo estudar as funções cognitivas - particularmente a memória - em pacientes com EMLT por EH, com crises refratárias ao tratamento clínico; correlacionar a avaliação de memória no período pré-operatório com o prognóstico pós-cirúrgico com relação ao controle de crises, correlacionar as DEIs observadas no EEG com o comprometimento da memória e alterações funcionais aferidas pela MRS e investigar o efeito das alterações funcionais aferidas pela MRS no prognóstico da memória no período pós-operatório. O estudo será prospectivo e a amostra consistirá de 50 pacientes EMLT por EH. (AU)