Busca avançada
Ano de início
Entree

Fisiologia da produção de mudas cítricas sob stresse hídrico

Processo: 06/01470-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2006
Vigência (Término): 31 de julho de 2008
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitotecnia
Pesquisador responsável:Francisco de Assis Alves Mourão Filho
Beneficiário:Eduardo Augusto Girardi
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Fisiologia vegetal   Desenvolvimento vegetal   Produção vegetal   Produção de mudas   Estresse hídrico   Porta-enxertos   Fruticultura   Citricultura

Resumo

A produção de mudas cítricas no Estado de São Paulo é realizada em recipientes dentro de viveiros telados visando garantir qualidade genética e fitossanitária. Novas técnicas de manejo são requeridas para otimização do ciclo produtivo, sendo a irrigação um dos principais tratos culturais. Conhecimentos a cerca da fisiologia da produção de mudas enxertadas mediante condições de estresse hídrico são necessários para fomentar as práticas de irrigação. O objetivo deste trabalho é avaliar o efeito de estresse hídrico induzido por polietileno glicol (PEG) e por interrupção da irrigação sobre o desenvolvimento vegetativo e variáveis fisiológicas de mudas de laranja ‘Valência’ (Citrus sinensis L. Osbeck) enxertadas em limão ‘Cravo’ (Citrus limonia Osbeck) e citrumelo ‘Swingle’ (Poncirus trifoliata (L.) Raf x Citrus paradisi Macf). As mudas serão produzidas em recipientes contendo substrato a base de fibra de coco e submetidas a estresse hídrico durante duas fases fenológicas (após a enxertia, e entre o primeiro e segundo fluxos de crescimento do enxerto) em duas estações do ano (outono-inverno e primavera-verão). O delineamento adotado será o de blocos ao acaso, seguindo o esquema fatorial 2 x 3 x 4 (porta-enxerto x fase de crescimento x estresse hídrico), totalizando 24 tratamentos em cinco repetições. A parcela experimental será constituída de seis plantas. Dados biométricos a serem coletados incluem altura, diâmetro, número de folhas, comprimento de internódios, área folhar, abscisão folhar, percentagem de brotação de enxerto, volume de sistema radicular, matérias fresca e seca de raiz, caule e folhas, relação raiz:copa, concentração folhar de nutrientes, concentração de carboidratos de reserva em raízes, caule e folhas, percentagem de descarte de mudas, bem como as variáveis fisiológicas e bioquímicas taxa de assimilação de CO2, condutância estomática, potencial hídrico das folhas, condutividade hidráulica do porta-enxerto e concentrações de clorofila e prolina nas folhas.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
GIRARDI, EDUARDO A.; BRANDAO, ANDREA D.; COELHO, RUBENS D.; DO COUTO, HILTON T. Z.; BUCKERIDGE, MARCOS S.; MOURAO FILHO, FRANCISCO DE ASSIS A. Regulated deficit irrigation benefits the production of container-grown citrus nursery trees. TREES-STRUCTURE AND FUNCTION, v. 32, n. 6, p. 1751-1766, DEC 2018. Citações Web of Science: 1.
EDUARDO AUGUSTO GIRARDI; ANDRÉA DIAS BRANDÃO; RUBENS DUARTE COELHO; HILTON THADEU ZARATE DO COUTO; MARCOS SILVEIRA BUCKERIDGE; FRANCISCO DE ASSIS ALVES MOURÃO FILHO. Polyethylene glycol damages grafted citrus plants based on biometric, physiological,and biochemical responses. Revista Brasileira de Fruticultura, v. 40, n. 6, p. -, 2018.
GIRARDI, EDUARDO AUGUSTO; BRANDAO, ANDREA DIAS; COELHO, RUBENS DUARTE; ZARATE DO COUTO, HILTON THADEU; BUCKERIDGE, MARCOS SILVEIRA; ALVES MOURAO FILHO, FRANCISCO DE ASSIS. Polyethylene glycol damages grafted citrus plants based on biometric, physiological, and biochemical responses. Revista Brasileira de Fruticultura, v. 40, n. 6 2018. Citações Web of Science: 0.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
GIRARDI, Eduardo Augusto. Fisiologia da produção de mudas cítricas sob deficiência hídrica. 2008. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz Piracicaba.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.