Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliacao da microinfiltracao marginal em coroas metaloceramicas cimentadas com tres tipos de cimentos.

Processo: 99/03464-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de julho de 1999
Vigência (Término): 30 de setembro de 2000
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia
Pesquisador responsável:Luiz Fernando Pegoraro
Beneficiário:Andrea Barreira Motta
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB). Universidade de São Paulo (USP). Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Ionômeros de vidro   Cimentos de resina   Microinfiltração marginal

Resumo

Devido ao grande número de cimentos utilizados na cimentação de próteses parciais fixas, vários estudo têm sido realizados para avaliar suas propriedades com o intuito de se definir as melhores condições para sua utilização, tanto em indicação como em manipulação. O cimento ainda mais utilizado para esta finalidade é o fosfato de zinco, seguido pelos ionoméricos e, mais recentemente, pelos cimentos resinosos. O crescimento no emprego destes dois últimos cimentos deve-se principalmente à capacidade de liberação de flúor dos cimentos de ionômero de vidro e à capacidade de adesão às estruturas metálicas e dentinárias, dos cimentos resinosos. Porém, muitas dúvidas ainda persistem em relação ao comportamento inicial destes cimentos relativamente às suas propriedades físicas, devido ao ambiente úmido encontrado na cavidade oral e, particularmente no sulco gengival. Assim, o objetivo deste trabalho será o de avaliar a infiltração marginal de coroas metalocerâmicas cimentadas com cimentos de fosfato de zinco (grupo controle), ionômero de vidro e resinoso. (AU)