Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito da lipectomia associada ao exercício sobre o metabolismo do tecido adiposo de ratos tornados obesos pelo tratamento neonatal com glutamato monossódico ou por dieta cafeteria

Processo: 00/08751-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2000
Vigência (Término): 31 de julho de 2004
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Nutrição - Bioquímica da Nutrição
Pesquisador responsável:Claudia Maria da Penha Oller Do Nascimento
Beneficiário:Carlos Alexandre Habitante
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Lipectomia   Exercício físico   Metabolismo dos lipídeos

Resumo

Lipoaspiração e lipectomia são técnicas que têm sido utilizadas na clínica para o tratamento de obesidade. Alguns trabalhos da literatura têm demonstrado que ocorre reposição do tecido adiposo, enquanto outros não verificaram isto. Assim, o presente projeto tem como objetivo estudar possíveis alterações no metabolismo do tecido adiposo e fígado (FIG) decorrentes da lipectomia associada ou não ao exercício físico (natação, 90 min/ dia, 5 dias/semana, durante 6 semanas) em ratos tornados obesos pelo tratamento neonatal com glutamato monossódico (MSG) ou através do tratamento com dieta cafeteria após o desmame (CAF). Para isso, ratos MSG e CAF como 3 meses de idade serão submetidos a lipectomia dos tecidos adiposos retroperitoneal (RET) e epididimal (EPI) ou falsa lipectomia. Após 7 dias da cirurgia os animais serão divididos em sedentários ou exercitados e serão sacrificados após 6 semanas. Semanalmente, serão avaliados o consumo alimentar e a evolução do peso corporal dos animais. Após o sacrifício, determinaremos no RET, EPI e Fígado o peso; a taxa de lipogênese, a atividade das enzimas ATP citrato liase e málica, a taxa de lipólise basal e estimulada pela NOR do RET e EPI. No plasma serão avaliados lipídios totais, triglicerídeos, colesterol total, HDL-colesterol, glicose, insulina e leptina. (AU)