Busca avançada
Ano de início
Entree

Sistema mimético da membrana da "Pasteurella multocida" para a prevenção da pasteurelose: construção de um sistema vesicular, caracterização bioquímica e sua aplicação

Processo: 00/08099-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2000
Vigência (Término): 31 de outubro de 2004
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Biofísica - Biofísica de Processos e Sistemas
Pesquisador responsável:Pietro Ciancaglini
Beneficiário:Katia Regina Perez
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Proteolipossomos   Microesferas   Septicemia hemorrágica   Vacinas   Pasteurella multocida

Resumo

A pasteurelose é uma doença infecto-contagiosa e causada pela bactéria Pasteurella multocida. E um problema comum, crônico e persistente na maioria das criações comerciais de coelhos no mundo todo, sendo muito difícil a sua eliminação após instalada. Os principais sinais clínicos são: pneumonias, pleurites, mastites, abscessos subcutâneos e no estado agudo a septicemia hemorrágica. As proteínas que compõem a parede e a membrana plasmática desta bactéria estão de fato envolvidas nas reações de reconhecimento imunológico. Todavia, vacinas convencionais usando todo o organismo morto ou atenuado além de não proporcionarem uma proteção efetiva, ainda podem causar diversos efeitos colaterais. Assim, o objetivo é desenvolver uma metodologia para reconstituir as proteínas antigênicas em sistemas de lipossomos e microesferas lipídicas. Estes sistemas serão caracterizados e avaliados quanto a sua eficiência em imunizar animais contra a pasteurelose. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.