Busca avançada
Ano de início
Entree

Fadiga termica de acos rapidos para cilindros de laminacao a quente.

Processo: 01/00863-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de junho de 2001
Vigência (Término): 31 de maio de 2003
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Metalurgia Física
Pesquisador responsável:Mário Boccalini Júnior
Beneficiário:Claudia Regina Serantoni
Instituição-sede: Escola Politécnica (EP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Aço rápido

Resumo

Os cilindros de trabalho destinados a trens de laminação de tiras a quente são, na maioria dos casos, componentes bimetálicos constituídos de uma "casca" externa de liga resistente a desgaste fundida por centrifugação e um "núcleo" de ferro fundido nodular ou de aço (fundido ou forjado). Nas três primeiras cadeiras do trem de laminação, o desenvolvimento de ligas para a "casca" dos cilindros dos últimos 20 anos culminou com a aplicação de ligas do sistema Fe-C-Cr-W-Mo-V, denominadas aços rápidos. A degradação da superfície dos cilindros de trabalho das primeiras cadeiras, que, em última instância, determina o seu tempo de serviço ininterrupto, é caracterizada pela ação simultânea de fadiga térmica e oxidação, principalmente. Os estudos publicados de fadiga térmica dos aços rápidos para cilindros de laminação são limitados a comparações entre ligas diversas e não abordam de forma sistemática os efeitos dos seus principais constituintes microestruturais- carbonetos eutéticos e matriz-, de tal forma a impossibilitar a generalização dos seus resultados. O presente projeto objetiva estudar o efeito da microestrutura de aços rápidos para cilindros de laminação sobre o seu comportamento sob fadiga térmica, abordando a influência de variáveis relativas a cada um dos microconstituintes, como fração volumétrica de carbonetos eutéticos e resistência mecânica da matriz. (AU)