Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do transportador dopaminérgico no transtorno obsessivo compulsivo através de imagens de SPECT com 99mTc - TRODAT-1

Processo: 05/04206-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de abril de 2006
Vigência (Término): 31 de outubro de 2010
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Psiquiatria
Pesquisador responsável:Rodrigo Affonseca Bressan
Beneficiário:Marcelo Queiroz Hoexter
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Neuroimagem   Dopamina

Resumo

Este projeto é um braço do Projeto Temático submetido a FAPESP em julho de 2005 (05/55628-8) intitulado "CARACTERIZAÇÃO FENOTÍPICA, GENÉTICA, IMUNOLÓGICA E NEUROBIOLÓGICA DO TRANSTORNO OBSESSIVO-COMPULSIVO (TOC) E SUAS IMPLICAÇÕES PARA O TRATAMENTO". Apesar de ser classificado pelos manuais como entidade nosológica única, diversas pesquisas indicam que o TOC é um transtorno heterogêneo. As diferentes taxas de resposta ao tratamento, os diferentes cursos evolutivos, as diversas formas de apresentação da síndrome sugerem a existência de diversos subtipos com possíveis bases fisiopatológicas específicas. No intuito de estudar subgrupos de pacientes com TOC, a caracterização de fenótipos clínicos mais precisos torna-se crucial e estudos de neuroimagem podem corroborar para essa discriminação. No presente estudo, enfatizam-se subgrupos delimitados de acordo com o predomínio de determinadas obsessões/compulsões (abordagem dimensional) e de acordo com presença de experiências subjetivas de desconforto ou mal-estar que precedem ou acompanham comportamentos repetitivos descritas como fenômenos sensoriais. Estudos de neuroimagem molecular têm evidenciado a participação do sistema dopaminérgico na fisiopatologia do TOC. A avaliação com tomografia por emissão de fóton único (SPECT) com traçador de transportador de dopamina (DAT) in vivo podem auxiliar na caracterização desses subgrupos de pacientes com TOC, refinando estudos clínicos, genéticos, neurobiológicos, neuropsicológicos e que envolvam resposta terapêutica. OBJETIVOS:1) Avaliar a densidade de DAT em pacientes com TOC utilizando-se [99mTc]-TRODAT-1 e SPECT.2) Correlacionar alterações de DAT estriatal com resposta ao tratamento.3) Correlacionar alterações de DAT estriatal com subgrupos de pacientes com TOC, de acordo com a presença de determinadas obsessões/compulsões e de acordo com a presença de fenômenos sensoriais. Hipóteses: 1) Pacientes com TOC apresentam aumento de DAT nos núcleos da base comparados a controles saudáveis. 2) Quanto maior a densidade de DAT nos núcleos da base, pior é a resposta ao tratamento.3) Os pacientes com predomínio de sintomas da dimensão "obsessões de simetria e ordenação e compulsões de contagem e ordenação/arranjo" apresentam aumento de DAT nos núcleos da base quando comparados aos pacientes com predomínio da dimensão "obsessões de contaminação e compulsões de limpeza e lavagem". 4) Quanto maior a presença de fenômenos sensoriais, maior é o aumento de DAT nos núcleos da base de pacientes com TOC. Os métodos adotados foram: 20 pacientes com predomínio de obsessões e compulsões de simetria, ordem, contagem e arranjo, 20 pacientes com predomínio de obsessões de contaminação e compulsões de limpeza e 20 voluntários sadios serão submetidos a exames de neuroimagem com 99mTc-TRODAT-1 e SPECT.Etapa A: pacientes serão submetidos a avaliações clínicas, antes e depois do tratamento com inibidor de serotonina, utilizando-se a escala Dimensional de Sintomas Obsessivo-Compulsivos Yale-Brown (DYBOCS), a escala de gravidade do YBOCS e a escala para fenômenos sensoriais (USP-SPS).Etapa B: todos os sujeitos realizarão exame de SPECT com [99mTc]TRODAT-1.Análise de dados: A quantificação de DAT através de SPECT com [99mTc]TRODAT-1 será calculada através do potencial de ligação (PL), PL=[STR-OCC]/OCC, onde STR representa a concentração de traçador no corpo estriado e OCC a região no lobo occipital de ligação não específica de DAT. Correlações entre o PL do DAT no corpo estriado e as escalas de sintomas serão realizadas. Os resultados esperados: 1) Evidenciar alterações na densidade de DAT e discriminar subgrupos. 2) Estabelecer relações entre a densidade de DAT e resposta a tratamento. 3) Criar um banco de dados com quantificação de DAT em voluntários normais. 4) Propiciar colaborações paralelas junto aos outros módulos de pesquisa inseridos no Projeto Temático submetido a FAPESP. 5) Publicação em revistas indexadas. (AU)

Publicações científicas (8)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SUBIRA, MARTA; CANO, MARTA; DE WIT, STELLA J.; ALONSO, PINO; CARDONER, NARCIS; HOEXTER, MARCELO Q.; KWON, JUN SOO; NAKAMAE, TAKASHI; LOCHNER, CHRISTINE; SATO, JOAO R.; JUNG, WI HOON; NARUMOTO, JIN; STEIN, DAN J.; PUJOL, JESUS; MATAIX-COLS, DAVID; VELTMAN, DICK J.; MENCHON, JOSE M.; VAN DEN HEUVEL, ODILE A.; SORIANO-MAS, CARLES; CONSORTIUM, OCD BRAIN IMAGING. Structural covariance of neostriatal and limbic regions in patients with obsessive-compulsive disorder. JOURNAL OF PSYCHIATRY & NEUROSCIENCE, v. 41, n. 2, p. 115-123, MAR 2016. Citações Web of Science: 10.
DE WIT, STELLA J.; ALONSO, PINO; SCHWEREN, LIZANNE; MATAIX-COLS, DAVID; LOCHNER, CHRISTINE; MENCHON, JOSE M.; STEIN, DAN J.; FOUCHE, JEAN-PAUL; SORIANO-MAS, CARIES; SATO, JOAO R.; HOEXTER, MARCELO Q.; DENYS, DAMIAAN; NAKAMAE, TAKASHI; NISHIDA, SEIJI; KWON, JUN SOO; JANG, JOON HWAN; BUSATTO, GERALDO F.; CARDONER, NARCIS; CATH, DANIELLE C.; FUKUI, KENJI; JUNG, WI HOON; KIM, SUNG NYUN; MIGUEL, EURIPIDES C.; NARUMOTO, JIN; PHILLIPS, MARY L.; PUJOL, JESUS; REMIJNSE, PETER L.; SAKAI, YUKI; SHIN, NA YOUNG; YAMADA, KEI; VELTMAN, DICK J.; VAN DEN HEUVEL, ODILE A. Multicenter Voxel-Based Morphometry Mega-Analysis of Structural Brain Scans in Obsessive-Compulsive Disorder. American Journal of Psychiatry, v. 171, n. 3, p. 340-349, MAR 2014. Citações Web of Science: 113.
HOEXTER, MARCELO Q.; MIGUEL, EURIPEDES C.; DINIZ, JULIANA B.; SHAVITT, ROSELI G.; BUSATTO, GERALDO F.; SATO, JOAO R. Predicting obsessive-compulsive disorder severity combining neuroimaging and machine learning methods. Journal of Affective Disorders, v. 150, n. 3, p. 1213-1216, SEP 25 2013. Citações Web of Science: 19.
HOEXTER, MARCELO Q.; DOUGHERTY, DARIN D.; SHAVITT, ROSELI G.; D'ALCANTE, CARINA C.; DURAN, FABIO L. S.; LOPES, ANTONIO C.; DINIZ, JULIANA B.; BATISTUZZO, MARCELO C.; EVANS, KARLEYTON C.; BRESSAN, RODRIGO A.; BUSATTO, GERALDO F.; MIGUEL, EURIPEDES C. Differential prefrontal gray matter correlates of treatment response to fluoxetine or cognitive-behavioral therapy in obsessive-compulsive disorder. European Neuropsychopharmacology, v. 23, n. 7, p. 569-580, JUL 2013. Citações Web of Science: 29.
D'ALCANTE, CARINA C.; DINIZ, JULIANA B.; FOSSALUZA, VICTOR; BATISTUZZO, MARCELO C.; LOPES, ANTONIO C.; SHAVITT, ROSELI G.; DECKERSBACH, THILO; MALLOY-DINIZ, LEANDRO; MIGUEL, EURIPEDES C.; HOEXTER, MARCELO Q. Neuropsychological predictors of response to randomized treatment in obsessive-compulsive disorder. PROGRESS IN NEURO-PSYCHOPHARMACOLOGY & BIOLOGICAL PSYCHIATRY, v. 39, n. 2, p. 310-317, DEC 3 2012. Citações Web of Science: 35.
ALVARENGA, PEDRO G.; DO ROSARIO, MARIA C.; BATISTUZZO, MARCELO C.; DINIZ, JULIANA B.; SHAVITT, ROSELI G.; DURAN, FABIO L. S.; DOUGHERTY, DARIN D.; BRESSAN, RODRIGO A.; MIGUEL, EURIPEDES C.; HOEXTER, MARCELO Q. Obsessive-compulsive symptom dimensions correlate to specific gray matter volumes in treatment-naive patients. JOURNAL OF PSYCHIATRIC RESEARCH, v. 46, n. 12, p. 1635-1642, DEC 2012. Citações Web of Science: 35.
HOEXTER, MARCELO QUEIROZ; DE SOUZA DURAN, FABIO LUIS; D'ALCANTE, CARINA CHAUBET; DOUGHERTY, DARIN DEAN; SHAVITT, ROSELI GEDANKE; LOPES, ANTONIO CARLOS; DINIZ, JULIANA BELO; DECKERSBACH, THILO; BATISTUZZO, MARCELO CAMARGO; BRESSAN, RODRIGO AFFONSECA; MIGUEL, EURIPEDES CONSTANTINO; BUSATTO, GERALDO FILHO. Gray Matter Volumes in Obsessive-Compulsive Disorder Before and After Fluoxetine or Cognitive-Behavior Therapy: A Randomized Clinical Trial. NEUROPSYCHOPHARMACOLOGY, v. 37, n. 3, p. 734-745, 2011. Citações Web of Science: 69.
HOEXTER, MARCELO QUEIROZ; SHAVITT, ROSELI GEDANKE; D'ALCANTE, CARINA CHAUBET; CECCONI, JANAINA PHILIPPI; DINIZ, JULIANA BELO; BELOTTO-SILVA, CRISTINA; HOUNIE, ANA GABRIELA; BORCATO, SONIA; MORAES, IVANIL; JOAQUIM, MARINES ALVES; CAPPI, CAROLINA; SAMPAIO, ALINE SANTOS; DE MATHIS, MARIA ALICE; BATISTUZZO, MARCELO CAMARGO; LOPES, ANTONIO CARLOS; FERREIRA ROSA, ANA CAROLINA; MUNIZ, RENAN KAWANO; MARQUES, ANDREA HORVATH; SANTOS, LUCIANA CRISTINA; TAUB, ANITA; DE SOUZA DURAN, FABIO LUIS; DOUGHERTY, DARIN DEAN; BUSATTO, GERALDO FILHO; BRESSAN, RODRIGO AFFONSECA; MIGUEL, EURIPEDES CONSTANTINO. The drug-naive OCD patients imaging genetics, cognitive and treatment response study: methods and sample description. Revista Brasileira de Psiquiatria, v. 31, n. 4, p. 345-353, DEC 2009. Citações Web of Science: 13.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.