Busca avançada
Ano de início
Entree

Obtenção e caracterização de anticorpos monoclonais anti-jararagina

Processo: 99/12432-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de maio de 2000
Vigência (Término): 30 de abril de 2002
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia - Imunoquímica
Pesquisador responsável:Irene Fernandes
Beneficiário:Isabelle Tanjoni
Instituição-sede: Instituto Butantan. Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Imunoterapia   Jararagina   Venenos

Resumo

Os venenos de serpentes constituem-se de misturas complexas de proteínas com diferentes atividades tóxicas ou enzimáticas. O mecanismo de lesão local decorrente do envenenamento por Bothrops jararaca ainda não é totalmente conhecido, mas acredita-se que as toxinas hemorrágicas (metaloproteases) têm um papel particularmente importante: As metaloproteinases de veneno pertencem a uma família de proteínas que contém uma seqüência conservada de ligação com o zinco, característica das matrixinas de mamíferos, freqüentemente associadas a processo inflamatórios. Outra evidência importante das metaloproteinases de venenos relaciona-se com a sua homologia com proteínas da família ADAMS, encontradas em diversos organismos. A soroterapia utilizando anticorpos heterólogos é o único tratamento para acidentes ofídicos, entretanto, é pouco eficiente para neutralizar a ação local do veneno. Anticorpos monoclonais de origem murina têm sido produzidos contra metaloproteinases de diversos venenos. Esses anticorpos podem auxiliar nos estudos da patogenia ocasionada pelas metaloproteinases e também na descoberta de outras metaloproteinases, promovendo avanços nos estudos de filogenética. O objetivo deste trabalho será produzir anticorpos monoclonais de origem murina contra a Jararagina (metaloproteinase de 52 KDa presente no veneno de B. jararaca) que neutralizem a atividade hemorrágica e de inibição da agregação plaquetária. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
TANJONI, ISABELLE; BUTERA, DIEGO; BENTO, LUCIANA; DELLA-CASA, MAISA S.; MARQUES-PORTO, RAFAEL; TAKEHARA, HARUMI A.; GUTIÉRREZ, JOSE M.; FERNANDES, IRENE; MOURA-DA-SILVA, ANA M. Snake venom metalloproteinases: structure/function relationships studies using monoclonal antibodies. Toxicon, v. 42, n. 7, p. 801-808, Dec. 2003.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.