Busca avançada
Ano de início
Entree

Mudanças sociais e conservação ambiental em áreas protegidas

Processo: 01/14057-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2002
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2006
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Sociologia - Outras Sociologias Específicas
Pesquisador responsável:Lúcia da Costa Ferreira
Beneficiário:Simone Vieira de Campos
Instituição-sede: Núcleo de Estudos e Pesquisas Ambientais (NEPAM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:97/14514-1 - Floresta e mar: usos e conflitos no Vale do Ribeira e Litoral Sul do estado de São Paulo, AP.TEM
Assunto(s):Áreas de conservação   Ecossistemas   Conflito social

Resumo

As áreas destinadas à conservação integral de ecossistemas, restritivas ao uso de recursos foram implantadas sem prévia regularização fundiária. Algumas já contam com planos de manejo e regularização da situação de seus moradores, como o Parque Nacional do Jau, enquanto outras regulam a presença e atividade humanas por meio de planos emergenciais, como a Estação Ecológica da Juréia-Itatins. Esta pesquisa visa comparar essas duas Unidades de Conservação (UCs): a primeira na Amazônia e a segunda no Vale do Ribeira, SP, investigando como se atualizam as relações sociais nessas áreas, através do levantamento dos tipos de ocupação humana e estratégias de sobrevivência nessas áreas e o potencial de compatibilidade entre presença humana e conservação. A hipótese principal é que as áreas protegidas, apesar de serem concebidas como ilhas de biodiversidade mantidas por grupos sociais pré-modernos, são influenciadas por contextos pós-tradicionais. As realidades da Mata Atlântica e Amazônia são marcadas pela heterogeneidade cultural e o impacto dos usos é depende do de arranjo político em tomo do direito à permanência nessas áreas. Serão utilizados os procedimentos de pesquisa: pesquisa documental, observação direta com registro em diário de campo, entrevistas semi-estruturadas, histórias de vida e depoimentos dos sujeitos da pesquisa (moradores, lideranças políticas e comunitárias, representantes de Ongs, e agentes institucionais). (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
CAMPOS, Simone Vieira de. Jau em jogos : mudanças sociais e conservação ambiental no Parque Nacional do Jau (AM). 2006. Tese de Doutorado - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Instituto de Filosofia e Ciências Humanas.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.