Busca avançada
Ano de início
Entree

A formação de redes de pesquisa e competividade: uma análise do setor citrícola paulista

Processo: 00/12639-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2001
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2003
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Economia - Economias Agrária e dos Recursos Naturais
Pesquisador responsável:Ademar Ribeiro Romeiro
Beneficiário:Richard Campos
Instituição-sede: Instituto de Economia (IE). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Inovação   Citricultura

Resumo

A competitividade está fortemente atrelada à capacidade de se desenvolver atividades de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) que fomentem novas tecnologias de processo e produto. As redes de pesquisa consistem em parcerias envolvendo agentes econômicos e não-econômicos, cujo objetivo é uma forma mais racionalizada e eficiente de se organizar a P&D e, com isso, agregar melhores condições competitivas. O Estado de São Paulo corresponde à principal região produtora de citros do mundo, tendo alcançado elevados padrões de competitividade. A incidência de problemas relativos à fitossanidade, com destaque para a Clorose Variegada dos Citros, ou "Amarelinho", representa um novo desafio à manutenção dos padrões concorrenciais atingidos por essa indústria. Para o equacionamento desses problemas, observou-se a constituição de uma rede de pesquisa composta por grande diversidade de atores. A forma de articulação e organização entre os diversos atores dessa rede, bem como os resultados obtidos, e sua influência sobre a competitividade do setor citrícola são objeto do presente trabalho. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
CAMPOS, Richard. A contribuição da citricultura paulista para o desenvolviemnto das organizações em redes e da biotecnologia brasileira. 2004. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Instituto de Economia.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.