Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos da privação de sono paradoxal nos níveis de CREB fosforilado em diversas estruturas cerebrais: relação com prejuízo de memória

Processo: 05/57806-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de abril de 2006
Vigência (Término): 31 de março de 2008
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Neuropsicofarmacologia
Pesquisador responsável:Maria Gabriela Menezes de Oliveira
Beneficiário:Nadine Cordeiro de Pinho
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Hipocampo   Memória (psicologia)

Resumo

Estudos evidenciam o papel do sono no processamento da memória. As patologias crônicas que levam à fragmentação do sono provocam prejuízo de memória. Em estudos realizados em animais, a privação de sono paradoxal provoca déficits na memória de longo prazo avaliada por diversos paradigmas experimentais. Apesar dos estudos que mostram os efeitos deletérios da privação de sono paradoxal sobre a memória de animais, os mecanismos pelos quais a privação provoca estes prejuízos são ainda desconhecidos. Sabe-se que para a formação da memória de longo prazo é necessária à transcrição de genes e a síntese de novas proteínas. Um elemento importante na regulação da expressão gênica neuronal e regulador de síntese proteica é o fator de transcrição CREB. Vários estudos têm mostrado que a formação da memória de longo prazo depende da ativação do CREB e que esta ativação ocorre após o treino em tarefas de aprendizagem/memória. O CREB é ativado por diversas vias que se iniciam com a ligação de um neurotransmissor ao seu receptor ou pela entrada de cálcio na célula. Nos últimos anos, evidências têm sugerido o envolvimento do CREB nos mecanismos de sono e vigília em mamíferos. O fato dos níveis do CREB fosforilado se modificarem de acordo com o ritmo sono-vigília e com o estresse crônico faz supor que a privação de sono possa provocar alterações nestes níveis. O objetivo deste trabalho é verificar se há relação entre os prejuízos de memória induzidos pela privação de sono e a fosforilação do CREB-basal ou induzida por uma tarefa de aprendizagem e se estas possíveis alterações são revertidas após a recuperação do sono. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.