Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização da interação eletrofisiológica na circuitaria hipocampal durante a aprendizagem

Processo: 06/04351-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2007
Vigência (Término): 31 de agosto de 2010
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Pesquisador responsável:Koichi Sameshima
Beneficiário:Eduardo Ekman Schenberg
Instituição-sede: Associação Alberto Santos Dumont de Apoio à Pesquisa (AASDAP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Neurociências   Hipocampo   Eletrofisiologia   Memória   Aprendizagem   Ritmo Teta

Resumo

Desde o relato histórico do paciente H.M. muito se investiga sobre a função do hipocampo, com foco especial em seu envolvimento na epilepsia e na memória. Apesar da grande variedade e quantidade de estudos publicados, muitas contradições persistem. Em especial, o papel do hipocampo na memória é controverso, sendo distinto de acordo com o comportamento, os aspectos emocionais e motivacionais em questão. Estas divergências se originam no fato de que a função de uma estrutura cerebral depende de sua conectividade efetiva. O hipocampo está interconectado com diversas estruturas (amígdala, córtex, septo, entre outras), formando redes parcialmente distintas que participam de processos variados, sejam eles fisiológicos ou patológicos. Adicionalmente, o hipocampo é subdividido em subáreas (CA1, CA2 e CA3), com peculiaridades neuroanatômicas, neuroquímicas e fisiológicas. Estudos recentes mostraram que cada subárea apresenta especificidade funcional em diferentes etapas da aprendizagem, como aquisição, consolidação e evocação, sugerindo distintos padrões de conectividade efetiva nestes processos. Ademais, a compreensão da interação eletrofisiológica entre diversas áreas do SNC têm contribuído no entendimento de patologias. Portanto, o estudo da interação eletrofisiológica das diversas sub-áreas do hipocampo em tempo real pode propiciar uma melhor compreensão de seu papel nos processos fisiológicos (como a memória) e subsequentemente nos patológicos (por ex. epilepsia). Assim sendo, o objetivo deste trabalho é inferir a dinâmica do fluxo de informação na circuitaria hipocampal durante o aprendizado de tarefas com diferentes requisitos comportamentais (em parceria com Prof. Dr. Maria Gabriela Menezes de Oliveira, Depto de Psicobiologia, UNIFESP), emocionais e motivacionais por meio de registros comportamental e eletrofisiológico de potenciais unitários e de campo local em tempo real em CA1, CA2 e CA3. Com isso espera-se inferir os padrões de conectividade efetiva nestas áreas nas diferentes fases do processo mnemônico.