Busca avançada
Ano de início
Entree

Ocorrência de cães domésticos (Canis familiaris) em uma floresta e sua relação com a ocupação humana do entorno

Processo: 05/58801-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2006
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2008
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia Aplicada
Pesquisador responsável:Paulo Inácio de Knegt López de Prado
Beneficiário:Patricia Carignano Torres
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Ecossistemas   Canis   Fauna

Resumo

Em várias situações cães (Canis familiaris) têm atuado como uma espécie exótica invasora, perturbando e modificando ecossistemas nativos. No Brasil, alguns estudos sugerem que cães domésticos têm impactos negativos sobre a fauna nativa, que isto seria um problema importante em unidades de conservação. Ainda assim, há escasso conhecimento sobre fatores que influenciam na presença e abundância desses animais nessas áreas. O objetivo deste projeto é analisar como alguns fatores influenciam a abundância de cães em uma UC, o Parque Estadual da Cantareira (PEC). Os objetivos são testar se (1) o tamanho da população de cães no entorno influencia a freqüência de ocorrência desses animais dentro da unidade; (2) o regime de manejo dos cães pela população humana, nas áreas de diferentes usos e ocupação da terra no entorno do parque, influencia na freqüência de ocorrência desses animais na unidade; (3) a ocorrência de cães é maior próximo à borda da unidade do que em seu interior. O tamanho da população de cães será estimado por entrevistas a moradores, sorteados dentro de setores censitários, somado ao número de c, estimado por avistamento nas ruas dessas áreas. O regime de manejo será levantado com as entrevistas. A freqüência de cães no interior do parque será estimada com parcelas de areia a distâncias crescentes da borda. Esses levantamentos serão feitos em quatro áreas do parque, cujos entornos diferem quanto à densidade populacional humana, uso e ocupação do solo e condições sócio-econômicas. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
TORRES, P. C.; PRADO, I, P. Domestic dogs in a fragmented landscape in the Brazilian Atlantic Forest: abundance, habitat use and caring by owners. Brazilian Journal of Biology, v. 70, n. 4, p. 987-994, NOV 2010. Citações Web of Science: 17.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
TORRES, Patricia Carignano. Ocorrencia de cães domesticos (canis familiaris) em fragmentos de mata atlantica em zona rural e urbana e sua relação com a ocupação humana do entorno. 2008. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Instituto de Biologia.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.