Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos do algodão geneticamente modificado para resistência a insetos em organismos não-alvo

Processo: 03/08337-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Apoio a Jovens Pesquisadores
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2003
Vigência (Término): 31 de agosto de 2004
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitossanidade
Pesquisador responsável:Italo Delalibera Júnior
Beneficiário:Italo Delalibera Júnior
Instituição-sede: Embrapa Meio-Ambiente. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA). Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Brasil). Jaguariúna , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:03/00077-1 - Efeitos do algodão geneticamente modificado para resistência a insetos em organismos não-alvo, AP.JP
Assunto(s):Impactos ambientais   Phytoseiidae

Resumo

Este projeto propõe avaliar o impacto do algodão geneticamente modificado para resistência a insetos (algodão Bt) em ácaros predadores (Phytoseiidae) e na diversidade de bactérias e ácaros do solo. Estes grupos foram selecionados por exercerem importantes funções no agroecossistema, por estarem expostos diretamente às toxinas Bt e por serem organismos pouco representados nas análises de impacto de transgênicos. Bactérias e ácaros do solo agem na decomposição dos resíduos culturais e ácaros fitoseídeos são predadores generalistas, mas também se alimentam de pólen e exudatos de plantas que podem conter as toxinas ativas do Bt. Alterações induzidas pelo plantio de algodão Bt na diversidade bacteriana global e diversidade das bactérias fixadoras de nitrogênio dos solos serão analisadas pela comparação dos padrões do rDNA através da amplificação do DNA extraídos de solos cultivados com variedade transgênica e com variedade convencional, utilizando-se as técnicas T-RFLP e ARDRA. As densidades de bactérias decompositoras de celulose serão quantificadas em meios de cultura contendo carboxi-metil-celulose e corante vermelho congo para visualização de celulases. O impacto do algodão Bt em ácaros predadores será determinado comparando-se o desenvolvimento, capacidade predatória e preferência de ácaros alimentados de pólen e exudatos de algodão Bt e algodão convencional. (AU)