Busca avançada
Ano de início
Entree

Macrofauna bentônica da zona costeira rasa e o seu papel na trama trófica da Enseada Martel, Baía do Almirantado (Ilha Rei George, Antártica)

Processo: 99/08277-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 1999
Vigência (Término): 30 de junho de 2002
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Oceanografia - Oceanografia Biológica
Pesquisador responsável:Thais Navajas Corbisier
Beneficiário:Sandra Bromberg
Instituição-sede: Instituto Oceanográfico (IO). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Antártica   Ecologia

Resumo

A fauna bentônica da zona costeira rasa da Antártica tem despertado grande interesse na comunidade científica pois, ao contrário do que ocorre em zona de maior profundidade, esta área apresenta uma grande variabilidade ambiental como conseqüência da influência direta e sazonal da cobertura de gelo. Embora haja uma literatura considerável sobre a macrofauna bentônica antártica, poucos estudos ecológicos, principalmente de caráter temporal, têm sido feitos em águas rasas. Os objetivos deste estudo são (1) descrever a estrutura e a distribuição da macrofauna em águas rasas da Enseada Martel (Baía do Almirantado, Ilha Rei George) em relação ao tipo de fundo e aos distúrbios causados principalmente pela ação mecânica do gelo durante dois períodos do verão austral e (2) investigar o papel da macrofauna na trama trófica bentônica da zona costeira rasa. A amostragem foi realizada durante dois períodos do verão austral de 1997-1998, com um pegador do tipo van Veen e em cinco transectos entre as profundidades de 10 a 40 m na Enseada Martel. Para avaliar o papel da macrofauna na trama trófica, serão feitas coletas de organismos que ocupam diferentes níveis da trama trófica para posterior determinação das razões isotópicas de Carbono e Nitrogênio utilizando-se um espectrômetro de massa. (AU)