Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo das relações entre a sensibilização comportamental ao efeito estimulante do etanol, o sistema colinérgico e a aprendizagem

Processo: 05/60228-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2006
Vigência (Término): 31 de março de 2010
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Neuropsicofarmacologia
Pesquisador responsável:Maria Lucia Oliveira de Souza Formigoni
Beneficiário:Shirley Takahashi
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Aprendizagem   Sensibilização   Etanol

Resumo

Vários autores sugerem que a sensibilização comportamental, caracterizada pelo aumento da atividade psicomotora em resposta à administração repetida de drogas psicoativas, parece desempenhar um papel fundamental no desenvolvimento de abuso e dependência, aumentando a propriedade reforçadora destas substâncias. Animais que desenvolvem sensibilização ao etanol apresentam diferenças na densidade de receptores de alguns neurotransmissores (DA, NMDA, GABAa-BDZ) e também na resposta à administração de agonistas e antagonistas. A sensibilização comportamental é afetada pelo ambiente e possui um componente de aprendizagem, sendo que esta pode ser afetada por alterações do sistema colinérgico. O presente estudo se propõe a explorar os efeitos de manipulações deste sistema (administração intra-cerebral de agonistas e antagonistas muscarínicos e lesões eletrolíticas no hipocampo dorsal), para avaliar o papel deste sistema no processo de desenvolvimento e expressão da sensibilização comportamental. Pretende-se também comparar a capacidade de aprendizagem de animais que desenvolvem alta sensibilização com a dos que desenvolvem baixa sensibilização ao efeito estimulante do etanol em tarefas de aprendizagem apetitiva e aversiva, para testar a participação da aprendizagem no processo de sensibilização. (AU)