Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito da concentração e frequência de exposição a sacarose na expressão de genes de glicosiltransferases e glucanases do biofilme dental

Processo: 05/05143-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2006
Vigência (Término): 30 de abril de 2010
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia
Pesquisador responsável:Jaime Aparecido Cury
Beneficiário:Renzo Alberto Ccahuana Vásquez
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Cariologia   Placa bacteriana   Sacarose

Resumo

Sacarose é o mais cariogênico dos carboidratos da dieta porque além de ser fermentável pelo biofilme dental ela é substrato para a síntese de polissacarídeos extracelulares (PEC). Os PEC, principalmente os insolúveis, modificam a matriz do biofilme dental o tornando mais cariogênico, sendo considerados fatores de virulência dos estreptococos mutans, o mais cariogênico dos microrganismos presentes no biofilme dental. Os PEC insolúveis são produzidos pelas glicosiltransferases GTFB e GTFC as quais são codificadas pelos gens gtfB e gtfC. Pór outro lado, os PEC podem ser degradados por glucanases as quais participam da remodelação da estrutura do biofilme dental e entre estas enzimas se destacam as dextranases codificadas pelos gens dexA e dexB. A expressão das glicosiltransferases e dextranases pelo biofilme dental quer seja durante sua formação ou quando da exposição a diferentes freqüências e concentrações de sacarose não tem sido explorado e é o objetivo deste trabalho. O estudo será realizado in vitro e in situ. In vitro, serão utilizados biofilmes de S. mutans UA 159 formado sobre discos de hidroxiapatita durante 5 dias. Serão testadas concentrações de sacarose a 1, 5 e 10% com exposições de 8 vezes ao dia e posteriormente freqüências 2, 4, 8 vezes/dia de exposição à sacarose. Amostras de biofilme serão coletadas após 30, 60 e 120 h para análise da expressão de gtfB, gtfC, dexA e dexB por real time RT-PCR . No estudo in situ, será realizado um estudo piloto, para determinar o número de dias de formação de biofilme dental, de uma fase experimental de 14 dias da qual participarão 15 voluntários que usarão dispositivos intra-orais palatinos contendo 12 blocos de esmalte bovino e gotejarão diariamente 8 vezes uma solução de sacarose 20%. No 3o, 7o e 14o dias será realizada a coleta do biofilme dental formado. A etapa in situ será conformada por 4 fases experimentais, do qual participarão 15 voluntários adultos usando dispositivos intra-orais palatinos, nos quais serão colocados 8 blocos de esmalte bovino. Na primeira parte serão avaliadas as concentrações de sacarose de 1, 5, 10 e 20%. Na segunda parte, as freqüências de exposição à solução de sacarose 20 % a serem avaliadas serão: 2, 4 e 8 vezes/dia. No final de cada fase experimental, o biofilme dental dos blocos será coletado, para posterior análise da expressão de gtfB, gtfC, dexA e dexB por real time RT-PCR.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
RENZO ALBERTO CCAHUANA-VÁSQUEZ; JAIME APARECIDO CURY. S. mutans biofilm model to evaluate antimicrobial substances and enamel demineralization. Brazilian Oral Research, v. 24, n. 2, p. 135-141, Jun. 2010.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
VÁSQUEZ, Renzo Alberto Ccahuana. Desenvolvimento e validação de um modelo de crescimento de biofilmes de S. mutans e estudo do efeito da sacarose na expressão de gtfBCD e dexA em biofilmes dentais formados in vitro e in situ. 2010. Tese de Doutorado - Universidade Estadual de Campinas. Faculdade de Odontologia de Piracicaba.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.