Busca avançada
Ano de início
Entree

Equilíbrio dinâmico em idosos com Doença de Parkinson

Processo: 05/03559-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2006
Vigência (Término): 31 de março de 2008
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Educação Física
Pesquisador responsável:Lilian Teresa Bucken Gobbi
Beneficiário:Maria Joana Duarte Caetano
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Assunto(s):Marcha   Controle motor   Doença de Parkinson

Resumo

As alterações morfofuncionais decorrentes do envelhecimento podem ocasionar mudanças nos parâmetros espaciais e temporais da marcha, contribuindo para aumentar a probabilidade de quedas em idosos. Indivíduos portadores da Doença de Parkinson (DP) apresentam mudanças mais acentuadas na marcha que idosos saudáveis, desencadeadas também por comprometimento no controle do equilíbrio. Estes comprometimentos refletem uma falha dos núcleos da base para manter planos motores em prontidão para a ação, predispondo, o portador da DP, a um aumento do risco de quedas. O conjunto destes fatores, provavelmente, explicam o declínio da independência dos portadores da DP. Neste contexto, a principal pergunta que norteia este estudo é: como idosos neurologicamente normais e pacientes com DP modificam o padrão de andar frente a tarefas com diferentes exigências em equilíbrio dinâmico? Para responder a este questionamento, além da marcha livre (ML), mais duas condições são propostas: a marcha em superfície restrita na largura (MRL - 20 cm) e a marcha em trave de equilíbrio (MT - 20 cm de largura e 10 cm de altura). Assim, este estudo tem por objetivo descrever e analisar o padrão da marcha de idosos saudáveis e com DP, por meio de ferramentas cinemáticas, durante a realização das tarefas e relacionar os parâmetros espaço-temporais e ângulos articulares da marcha com as características dos participantes: estágio da doença (H&Y e UPDRS), incidência de quedas recentes (1 ano), pontuação na Escala de Equilíbrio de Berg. Dois grupos de idosos, acima de 60 anos, serão formados: Grupo DP com 15 indivíduos (estágios 1 a 3 de Hoehn e Yahr) e Grupo Controle: com 15 idosos saudáveis. Cada participante realizará 5 tentativas em cada tarefa. Uma câmera digital (marca JVC, modelo GR-DVL9800) será colocada no plano sagital direito para registrar um ciclo de passada intermediária do percurso. As imagens registradas serão capturadas por uma placa de vídeo (marca PINNACLE, modelo Studio DV, versão 1.05.307) acoplada a um computador, gerando dados cinemáticos bidimensionais. O procedimento fotogramétrico será realizado pelo software Digital Vídeo for Windows – DVIDEOW e para os cálculos das variáveis será utilizado o software MATLAB (versão 6.5). As variáveis dependentes consideradas na avaliação da marcha serão: comprimento e duração da passada, margem de segurança do solo, cadência, velocidade média, duração da fase de balanço e da fase de duplo suporte e deslocamento angular do quadril, joelho e tornozelo. Uma análise qualitativa também será realizada para quantificar os erros, por tentativa, por meio de imagens capturadas de uma câmera analógica (marca SONY, modelo CCD-TRV40). Esta câmera será posicionada no plano frontal do participante para registrar o posicionamento dos pés e a oscilação médio-lateral do tronco durante a realização das tarefas. As variáveis dependentes serão analisadas através de Análise de Variância (ANOVA) nos fatores grupo (DP e controle) e tarefa (ML, MRL, MT), com medidas repetidas no segundo fator. Caso sejam evidenciadas diferenças significativas entre as tarefas e nas interações, as diferenças serão localizadas pelo método de Tukey. Todas as análises estatísticas serão realizadas com um nível de significância de p< 0,05.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DUARTE CAETANO, MARIA JOANA; BUCKEN GOBBI, LILIAN TERESA; DEL ROSARIO SANCHEZ-ARIAS, MONICA; STELLA, FLORINDO; GOBBI, SEBASTIAO. Effects of postural threat on walking features of Parkinson's disease patients. Neuroscience Letters, v. 452, n. 2, p. 136-140, MAR 13 2009. Citações Web of Science: 14.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
CAETANO, Maria Joana Duarte. Equilíbrio dinâmico em idosos com doença de Parkinson. 2008. 82 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulita. Instituto de Biociências de Rio Claro. Rio Claro.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.