Busca avançada
Ano de início
Entree

Planejamento e relação estrutura-atividade de inibidores da mark3 em câncer

Processo: 07/57325-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2008
Vigência (Término): 31 de julho de 2010
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Biofísica - Biofísica Molecular
Pesquisador responsável:Ivone Carvalho
Beneficiário:Josiana Garcia de Araujo Volpini
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:05/58174-8 - Planejamento racional de candidatos a fármacos anticancerosos, AP.JP
Assunto(s):Modelagem molecular   Neoplasias   Química médica

Resumo

O projeto Genoma Câncer brasileiro (Projeto Genoma Humano do Câncer - PGHC), financiado pela FAPESP e pelo Instituto Ludwig de Pesquisa sobre o câncer, buscou identificar os genes expressos nos tipos de câncer mais comuns no Brasil. Tal projeto teve inicio em abril de 1999 e conseguiu identificar, em menos de um ano, um milhão de seqüências de genes de tumores mais freqüentes no Brasil. A contribuição brasileira foi maior para tumores de cabeça e pescoço, mama e cólon. Uma das iniciativas mais recentes e estimuladas pelo Projeto Genoma Humano do Câncer é o projeto Genoma Clínico, que visa desenvolver novas formas de diagnóstico e tratamento do câncer através do estudo de genes expressos. A partir da análise molecular de tecidos saudáveis e neoplásicos em diferentes estágios, é possível identificar marcadores relacionados com as fases iniciais da transformação maligna e marcadores de prognóstico, permitindo escolhas de terapias mais adequadas e eficientes. A MARK3, proteína recém expressa e purificada, foi identificada como um destes marcadores em neoplasias na região da cabeça e pescoço, sendo objetivo deste estudo a aplicação de técnicas de bioinformática e modelagem molecular no planejamento de candidatos a fármacos antineoplásicos para tal marcador, cujo modelo será construído por homologia estrutural. Após screening em bases de dados de compostos contendo propriedades de fármacos, alguns deverão ser comprados e testados pelo grupo colaborador experimental, e os novos protótipos serão otimizados por técnicas de química medicinal computacional. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
VOLPINI, Josiana Garcia de Araujo. Planejamento e relação estrutura-atividade de inibidores da MARK3 em câncer de cabeça e pescoço. 2010. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto Ribeirão Preto.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.