Busca avançada
Ano de início
Entree

Lasers de estado sólido compactos e conversíveis

Processo: 06/57085-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE  
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2007
Vigência (Término): 30 de setembro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física
Pesquisador responsável:Giovana Trevisan Nogueira
Beneficiário:Giovana Trevisan Nogueira
Empresa:BR Labs Indústria e Comércio em Sistemas de Lasers e Componentes Ópticos e Eletrônicos Ltda
Vinculado ao auxílio:05/60036-2 - Lasers de estado sólido compactos e conversíveis, AP.PIPE
Assunto(s):Laser do estado sólido   Diodo laser   Espectroscopia   Óptica   Instrumentação analítica

Resumo

As atividades da candidata estão relacionadas ao desenvolvimento de um sistema baseado em laser de estado sólido no infravermelho próximo, para a Fase I do PIPE, com duração de seis meses. As principais características deste laser incluem um projeto óptico moderno e superior, versatilidade e custo reduzido. Especificamente esperamos desenvolver um laser com: 1) dimensões reduzidas; 2) baixo limiar, possibilitando o bombeamento óptico por diversas fontes; 3) possibilidade de fácil conversão entre oscilação contínua (cw), inclusive em frequência única, e pulsada (mode-locked); 4) possibilidade de injeção óptica a partir de lasers semicondutores; 5) possibilidade de conversão eficiente para a região do azul e ultravioleta. O sistema laser a ser desenvolvido é direcionado inicialmente aos mercados científico e de instrumentação analítica, tanto nacionais como internacionais, mas esperamos que como consequência das características acima houvesse aplicações em outras áreas, tais como testes e medidas, metrologia, espectroscopia, meio ambiente, processamento industrial, biomedicina, microeletrônica, telecomunicações, tomografia óptica coerente, etc. Os objetivos específicos para esta etapa são: 1) definição e conclusão do projeto óptico final - especificação da cavidade óptica básica completa (espelhos, cristal, lentes); 2) realização de um projeto mecânico para a cavidade óptica; 3) realização de um projeto eletrônico para servo-controle da cavidade do laser e consequentemente sua frequência (s) de emissão; 4) testes com injeção óptica a partir de um diodo laser operando em frequência única. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.