Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do emprego de técnicas de RMN e IV aliadas a métodos quimiométricos na investigação de autenticidade da droga vegetal comercial "quebra-pedra"

Processo: 06/58488-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2007
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Pesquisador responsável:Antonio Gilberto Ferreira
Beneficiário:Maiara da Silva Santos
Instituição-sede: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Quimiometria   Phyllanthus   Ressonância magnética nuclear

Resumo

O emprego de plantas medicinais na prevenção, tratamento e cura de distúrbios, disfunções ou doenças tem evoluído ao longo dos tempos. Entretanto é recente a preocupação quanto aos processos de regulamentação da produção, comercialização e controle de qualidade das mesmas. Dentre as espécies que tiveram seu estudo fitoquímico concluído, bem como os ensaios farmacológicos para a comprovação de sua eficácia, encontram-se a Phyllanthus niruri e a Phyllantus tenellus. Popularmente conhecidas como "quebra-pedra", estas espécies são descritas na quarta edição da Farmacopéia Brasileira e a sua utilização está principalmente relacionada às disfunções ou distúrbios do aparelho urinário. Um dos problemas enfrentados no mercado desta droga vegetal é que na maioria das vezes, dada a semelhança fisiológica da planta como um todo, acaba-se consumindo outras espécies diferentes de Phyllanthus sem nenhum critério, além de outros contaminantes vegetais. Este trabalho pretende desenvolver uma metodologia para atuar no controle de qualidade da "quebra-pedra" utilizando-se as técnicas de Ressonância Magnética Nuclear (RMN) e espectroscopia na região do Infravermelho (IV) aliadas a métodos quimiométricos como ferramenta analítica para autenticação de produtos comerciais através da avaliação dos seus "fingerprints". Além das espécies de Phyllanthus (niruri; tenellus; amarus; urinaria e caroliniensis) serão estudadas 15 amostras comerciais adquiridas no comércio local/regional. (AU)