Busca avançada
Ano de início
Entree

Saude indigena: formacao e atuacao dos agentes indigenas de saude no parque indigena do xingu.

Processo: 06/01868-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2006
Vigência (Término): 31 de agosto de 2008
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Antropologia - Etnologia Indígena
Pesquisador responsável:Marina Denise Cardoso
Beneficiário:Marina Pereira Novo
Instituição-sede: Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Saúde de populações indígenas

Resumo

Este projeto tem por objetivo problematizar a relação que se estabelece entre os conceitos biomédicos de saúde e as concepções tradicionais sobre o tema, no Parque Indígena do Xingu. A partir de uma etnografia a ser realizada no Posto Leonardo, pólo base das aldeias do Alto Xingu, busco descrever e analisar de que forma os Agentes Indígenas de Saúde apreendem, re-significam e transmitem estes conceitos através de sua atuação específica nas aldeias. Utiliza-se para tanto, este Posto, como lócus privilegiado da interação entre diferentes concepções de corpo e dos processos de saúde/doença, compreendendo-o enquanto um lugar de fronteira e, portanto, de negociação de significados. Tenho por objetos as práticas exercidas pelos agentes indígenas de saúde no Posto, o acompanhamento dos cursos de formação destes profissionais, além da análise do material produzido e utilizado nestes cursos. Em suma, investigar por meio de uma etnografia, como os conceitos relativos à saúde e aos cuidados com o corpo estão comprometidos com a configuração e a rede de práticas sociais no Alto Xingu e de que forma isso aparece nas relações estabelecidas interna e externamente aos grupos.