Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito do condicionamento físico aeróbio de moderada intensidade na inflamação pulmonar alérgica crônica e na hiperresponsabilidade brônquica a metacolina em cobaias sensibilizadas

Processo: 06/58259-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2007
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2009
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Celso Ricardo Fernandes de Carvalho
Beneficiário:Clarice Rosa Olivo
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:02/08422-7 - Mecanismos de inflamação pulmonar na asma: estudos clínicos e experimentais, AP.TEM
Assunto(s):Reabilitação pulmonar   Asma

Resumo

O condicionamento físico melhora a resposta imune de indivíduos saudáveis e traz benefícios para o paciente asmático, mas seu papel na resposta alérgica permanece desconhecido. O objetivo deste estudo será avaliar o papel do condicionamento físico de moderada intensidade na inflamação pulmonar alérgica crônica e na hiperresponsividade brônquica (BHR). Serão utilizadas 80 cobaias Hartley machos, divididos em quatro grupos (n=20, cada): grupo controle (animais não sensibilizados e não treinados), grupo OVA (animais ensibilizados à ovalbumina - OVA- e não treinados), grupo CFM (animais não sensibilizados e submetidos a um condicionamento físico de intensidade moderada (CFM), e grupo OVA+CFM (animais sensibilizados à OVA e submetidos a um CFM). A sensibilização à OVA terá a duração de 8 semanas e o programa de condicionamento físico moderado de 6 semanas, iniciando 2 semanas após o início da sensibilização. Cada grupo será dividido em 2 subgrupos (n=10, cada). No primeiro, será avaliada a inflamação pulmonar (pela quantificação total e diferencial da celularidade no lavado broncoalverolar, do índice de edema peri-brônquico, do colágeno, da elastina e do músculo liso) e os níveis de óxido nítrico exalado (NOex) (coleta durante 5 minutos em sacos de Mylar). No segundo, será avaliada a BHR à metacolina (doses crescentes inaladas). Os resultados serão comparados entre-grupos utilizando-se a análise de variância de 2 fatores (CFM e OVA) e o nível será estabelecido para 5% (p<0,05). (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.