Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudos sobre a biotransformação de triterpenos pentacíclicos por fungos filamentosos e avaliação das atividades antitumoral e tripanocida dos derivados obtidos

Processo: 06/58155-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa BIOTA - Apoio a Jovens Pesquisadores
Vigência (Início): 01 de novembro de 2006
Vigência (Término): 17 de março de 2008
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Pesquisador responsável:Niege Araçari Jacometti Cardoso Furtado
Beneficiário:Niege Araçari Jacometti Cardoso Furtado
Instituição-sede: Pró-Reitoria Adjunta de Pesquisa e Pós-Graduação. Universidade de Franca (UNIFRAN). Franca , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:05/59329-5 - Estudos sobre a biotransformação de triterpenos pentacíclicos por fungos filamentosos e avaliação das atividades antitumoral e tripanocida dos derivados obtidos, AP.BTA.JP
Assunto(s):Biotransformação   Antineoplásicos   Tripanossomicidas   Triterpenos pentacíclicos   Fungos

Resumo

O projeto prevê a investigação de diferentes condições de cultivo de dez linhagens de fungos filamentosos com o intuito de determinar as variáveis que exercem influência na biotransformação de substâncias pertencentes à classe dos triterpenos pentaciclicos, bem como o isolamento e elucidação das estruturas químicas dos derivados obtidos no processo de biotransformação. Pretende-se também avaliar as atividades antitumoral e tripanocida dos derivados obtidos. Esta proposta foi submetida ao Grupo de Coordenação do Programa BIOTA/FAPESP, subprograma BIOprospecTA, para análise de enquadramento no Programa BIOTA-FAPESP-JOVEM PESQUISADOR, tendo sido considerada enquadrada e altamente relevante para o Programa, conforme consta no Processo FAPESP 05/59329-5. Neste projeto propõe-se disponibilizar os extratos dos caldos das culturas dos fungos e os derivados isolados para serem avaliados nos bioensaios da Rede, bem como disponibilizar os ensaios de biotransformação para outras substâncias bioativas fornecidas pelos demais grupos. A colaboração com os grupos da rede propiciará maiores chances de obtenção de resultados satisfatórios, haja vista a disponibilidade da realização de diferentes ensaios com os extratos das culturas dos fungos e com os derivados isolados. (AU)