Busca avançada
Ano de início
Entree

Produtividade primaria liquida, uso e eficiencia do uso da luz em plantios de restauracao da mata atlantica por efeito da composicao floristica, espacamento de plantio e praticas silviculturais.

Processo: 06/59378-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de abril de 2007
Vigência (Término): 30 de junho de 2008
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Recursos Florestais e Engenharia Florestal - Silvicultura
Pesquisador responsável:José Luiz Stape
Beneficiário:Otávio Camargo Campoe
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Ecofisiologia   Restauração florestal   Índice de área foliar

Resumo

O projeto de pesquisa do mestrado visa, através de um ensaio de restauração da Mata Atlântica instalado em 2004 em Anhembi -. SP, determinar a produtividade florestal e caracterizar ecofisiologicamente a copa de diferentes sistemas de restauração. A área foi implantada em delineamento fatorial 23, com dois níveis de três fatores em estudo, a saber: a) Fator composição (com os níveis 50%:50% e 67%:33% de pioneiras:não-pioneiras); b) Fator espaçamento (3x1 m e 3x2 m) e c) Fator silvicultura (usual e intensiva). O ensaio possui 4 repetições, com parcelas de 1200 m2, com 20 espécies arbóreas nativas. Medições de DAP e altura, acopladas a equações de biomassa serão usadas para determinar a produtividade primária líquida da madeira (PPLM). O índice de área foliar das copas serão determinadas com fotografias hemisféricas calibradas in loco, e a radiação fotossinteticamente ativa interceptada (RFAI), fator de extinção de luz e a eficiência do uso da luz (? = PPLM/RFAI) serão obtidos com o ceptômetro (Accupar ®). As hipóteses a serem testadas são: i) Os modelos com maiores percentuais de pioneiras terão maiores PPLM, RFAI e e; ii) O espaçamento 3x1 m terá maior PPLM e LFAI que o espaçamento 3x2m, mas a mesma eficiência do uso da luz; iii) As práticas silviculturais mais intensivas elevarão a PPLM, LFAI e ?, sendo o ganho em ? superior ao ganho de área foliar; iv) Haverá interação entre os modelos e as práticas silviculturais, face à maior flexibilidade de respostas das plantas pioneiras. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CAMPOE, OTAVIO CAMARGO; STAPE, JOSE LUIZ; TEIXEIRA MENDES, JOAO CARLOS. Can intensive management accelerate the restoration of Brazil's Atlantic forests?. FOREST ECOLOGY AND MANAGEMENT, v. 259, n. 9, SI, p. 1808-1814, APR 15 2010. Citações Web of Science: 25.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
CAMPOE, Otávio Camargo. Efeito de práticas silviculturais sobre a produtividade primária líquida de madeira, o índice de área foliar e a eficiência do uso da luz em plantios de restauração da Mata Atlântica. 2008. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz Piracicaba.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.