Busca avançada
Ano de início
Entree

O padrão de dispersão e sexo-assimétrico em Euglossini (Hymenoptera: Apidae)? Um estudo de caso: Euglossa cordata Linnaeus 1758

Processo: 06/59387-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2007
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia Teórica
Pesquisador responsável:Marco Antonio Del Lama
Beneficiário:Natália de Campos Muradas Cerântola
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:04/15801-0 - Biodiversidade e uso sustentável de polinizadores, com ênfase em abelhas Meliponini, AP.BTA.TEM
Assunto(s):Marcador molecular

Resumo

A tribo Euglossini é constituída de abelhas corbiculadas e encontra-se amplamente distribuída pela região neotropical, onde são importantes polinizadores. Abelhas são componentes importantes da fauna urbana e espécies de Euglossini utilizam as flores de Thevetia peruviana (Apocynaceae) como fonte de néctar. Estudo recentemente concluído em nosso Laboratório (LGEH - UFSCar), baseado em experimentos de marcação e recaptura de euglossíneos em flores desta planta, demonstrou Índices muito baixos de recaptura em sítios distintos do local de marcação. Este achado sugere um padrão de dispersão muito limitado destas abelhas nas cidades, embora a literatura aponte para alta capacidade de vôo destas. Dados de marcadores mitocondriais e nucleares indicaram ainda comportamento filopátrico das fêmeas, enquanto os machos parecem ser o sexo dispersor. Diante da aparente discrepância entre os dados, torna-se necessário corroborar os resultados a partir de um maior número de populações amostradas e a utilização de marcadores mais polimórficos. Este trabalho objetiva determinar por meio de marcadores de herança uni- (genes mitocondriais) e biparental (alozimas e microsatélites) a estrutura genética de populações de Euglossa cordata amostradas em flores de T. peruviana de cidades ao longo de um transecto norte/sul do Estado de São Paulo. Estes dados poderão confirmar se a dispersão é sexo-assimétrica em Euglossa cordata. Estes achados são importantes para estratégias de conservação destes importantes insetos polinizadores. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MURADAS CERANTOLA, NATALIA DE CAMPOS; OI, CINTIA AKEMI; CERVINI, MARCELO; DEL LAMA, MARCO ANTONIO. Genetic differentiation of urban populations of Euglossa cordata from the state of Sao Paulo, Brazil. Apidologie, v. 42, n. 2, p. 214-222, MAR 2011. Citações Web of Science: 19.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.