Busca avançada
Ano de início
Entree

Ação do Amblyomin-X em diferentes linhagens celulares normais e tumorais

Processo: 07/55628-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2008
Vigência (Término): 30 de novembro de 2010
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Ana Marisa Chudzinski-Tavassi
Beneficiário:Paulo Luiz de Sá Júnior
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Apoptose   Análise de sequência com séries de oligonucleotídeos   Coagulação sanguínea

Resumo

A proteína recombinante Amblyomin-X, com atividade inibidora de Fator Xa e caracterizada como um inibidor do tipo Kunitz, foi obtido a partir de uma biblioteca de cDNA de glândulas salivares do carrapato Amblyomma cajennense (Processo 00/14067-0). Quando testada em diferentes linhagens celulares, a proteína apresentou atividade apoptótica de células tumorais (melanoma humano-SKMEL28, MEL85, MEWO, melanoma murino B16F10, tumor de mama MCF7) in vitro e atividade anti-tumoral in vivo (melanoma murino B16F10), bem como atividade antimetastática e anti-angiogênica. Já foi demonstrado também que esta proteína recombinante não possui atividade em células normais como células endoteliais humanas derivadas de cordão umbilical (HUVECs), fibroblastos e plaquetas. Assim, o Amblyomin abre perspectiva para um novo agente anti-tumoral, anti-metastático e anti-angiogênico, com patente depositada no Instituto Nacional de Proteção Industrial (INPI, PI 0406057-1) em co-titularidade com a FAPESP. No presente projeto será avaliado o mecanismo de ação do Amblyomin-X sobre culturas de linhagens tumorais e normais. Para tanto, serão avaliados os efeitos desta molécula no ciclo celular, por citometria de fluxo; a ação no microambiente celular através da análise de moléculas liberadas no sobrenadante das culturas, principalmente moléculas relacionadas à angiogênese, inflamação, coagulação e fibrinólise; e finalmente a modulação da expressão de genes relacionados com apoptose, angiogênese, inflamação, coagulação e fibrinólise em células tumorais comparada à modulação gênica em células normais de tecido correlacionado. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.