Busca avançada
Ano de início
Entree

Utilização de um modelo atmosférico de mesoescala para a previsão da qualidade do ar na Região Metropolitana de São Paulo

Processo: 06/58505-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2007
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Meteorologia
Pesquisador responsável:Edmilson Dias de Freitas
Beneficiário:Melissa Santi Itimura
Instituição-sede: Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Poluição atmosférica   Circulação atmosférica   Qualidade do ar   Modelos atmosféricos   Emissões de veículos   Ozônio   Dispersão de poluentes

Resumo

Este projeto de pesquisa de mestrado visa avaliar a utilização de módulo fotoquímico simplificado, acoplado a um modelo de mesoescala, e estudar o papel das circulações atmosféricas locais sobre o processo de dispersão de poluentes na RMSP. O projeto utilizará como principal ferramenta a modelagem numérica com o modelo BRAMS, contendo um módulo fotoquímico simplificado (SPM-BRAMS). Além do módulo fotoquímico, o modelo possui parametrizações adequadas ao estudo, dentre as quais podemos citar: uma parametrização adequada ao tratamento de áreas urbanas; uma parametrização de radiação que contempla o efeito de aerossóis e; um módulo de emissões de origem veicular e industrial. Para avaliação do modelo utilizado, serão utilizadas medidas de concentração de ozônio e seus precursores em superfície, obtidos pela rede da CETESB e dados coletados durante um experimento de campo realizado nos meses de maio e setembro de 2006, previstos pelo projeto de políticas públicas "Modelos de Qualidade do Ar Fotoquímicos: Implementação para Simulação e Avaliação das Concentrações de Ozônio Troposférico em Regiões Urbanas", incluindo perfis verticais obtidos por sondagens de ozônio e outras variáveis meteorológicas. Espera-se com esse projeto de pesquisa, obter um modelo de qualidade do ar apto a realizar simulações e previsões operacionais das concentrações dos principais poluentes na RMSP, em particular o ozônio e alguns de seus precursores, bem como identificar as situações atmosféricas favoráveis à dispersão dos mesmos. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.