Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da serinoproteinase PA-BJ, isolada do veneno da serpente Bothrops jararaca, sobre a expressão de ciclooxigenases e liberação de prostaciclina em células endoteliais em cultura

Processo: 06/58335-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de maio de 2007
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Farmacologia Geral
Pesquisador responsável:Catarina de Fatima Pereira Teixeira
Beneficiário:Sergio Augusto de Lima
Instituição-sede: Instituto Butantan. Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo, SP, Brasil
Assunto(s):Envenenamento por animais peçonhentos   Venenos de serpentes   Serina proteases   Coagulação   Células endoteliais

Resumo

Os distúrbios da coagulação estão entre os efeitos mais graves do envenenamento causado pelas serpentes da família Viperidae. Dentre os componentes desses venenos, as serinoproteinases são as principais enzimas envolvidas nas alterações da hemostasia que ocorrem durante o envenenamento. As serinoproteinases são abundantes em venenos de serpentes dessa família, porém, apesar das ações na hemostasia, os seus efeitos no endotélio não foram esclarecidos até o presente. A partir do veneno da serpente Bothrops jararaca, foi isolada a serinoproteinase PA-BJ, uma glicoproteina de caráter básico, sem atividade coagulante sobre o fibrinogênio, reconhecida como enzima trombina-símile. A PA-BJ induz a agregação em plasma rico em plaquetas e em suspensões de plaquetas lavadas, via receptores PAR-1 e PAR-4. Estes receptores também estão envolvidos no efeito da trombina em plaquetas e em células endoteliais. Este estudo tem por objetivo avaliar os efeitos da PA-BJ, sobre células endoteliais, em cultura, quanto à: a) integridade das monocamadas, b) viabilidade celular, c) liberação de prostaciclina e d) expressão protéica das ciclooxigenases -1 e -2. Pretende-se, com este estudo, evidenciar efeitos biológicos adicionais de serinoproteinases de venenos e ampliar o conhecimento de suas atividades e mecanismos de ação. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.