Busca avançada
Ano de início
Entree

Termofilia pos-prandial em bothrops moojeni (serpentes: viperidae).

Processo: 06/58588-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2007
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia Geral
Pesquisador responsável:Augusto Shinya Abe
Beneficiário:Daniel Rodrigues Stuginski
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Alimentação   Serpentes

Resumo

A termofilia em serpentes apresenta vários aspectos interessantes, um dos mais importantes, pelas modificações fisiológicas e comportamentais envolvidas, é o da temperatura preferida pós-prandial. A serpente viperídea Bothrops moojeni, representa um interessante modelo para o estudo desta propriedade, por ser uma espécie noturna e poder ingerir grandes presas após longos períodos de jejum. O desafio de um ectotermico noturno frente à limitação de termorregular deve ser contornado por manobras comportamentais e fisiológicas relacionadas à maximização do metabolismo. O presente trabalho visa acompanhar o comportamento térmico diário de 30 exemplares Bothrops moojeni, caracterizando e quantificando a resposta termofilica pós-prandial e a eventual termogênese digestória. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
STUGINSKI, Daniel Rodrigues. Termofilia e termogênese pós-prandiais em Bothrops moojeni (Serpentes:Viperidae) em cativeiro. 2009. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Biociências São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.