Busca avançada
Ano de início
Entree

Reflorestamentos mistos como corredores ecológicos para a mastofauna terrestre na Fazenda Experimental Edgardia, Botucatu - SP

Processo: 06/59255-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2007
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Recursos Florestais e Engenharia Florestal - Conservação da Natureza
Pesquisador responsável:Vera Lex Engel
Beneficiário:Beatriz Rosangela Murbach Caes
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Restauração florestal   Interação planta-animal   Corredores ecológicos   Fragmentos florestais   Animais silvestres

Resumo

Os fragmentos de floresta estacional semidecidual do estado de São Paulo despertam interesse para sua conservação, pois apresentam alto grau de fragmentação e distúrbios adicionais que provocam redução de sua biodiversidade. Nessas áreas, os níveis de interação planta-animal são intensos. Pequenas populações isoladas de plantas e animais são mais suscetíveis ao decréscimo de variabilidade e fluxo genético, causando uma redução de diversidade genética e aumentando as chances de extinção. O objetivo deste trabalho é analisar as diferenças entre a comunidade de mamíferos terrestres de médio e grande porte em duas áreas reflorestadas com diferentes modelos de plantios mistos com espécies nativas e em áreas de pastagens no mesmo sítio, e verificar se os plantios podem ser reconhecidos como possíveis corredores de vida silvestre. Além disso, verificar se os fragmentos próximos às áreas de plantio estão colaborando para a colonização destas por mamíferos. Serão instaladas em cada área 90 parcelas de areia de 50cm x 50cm. As pegadas serão registradas por um período de 4 a 5 dias consecutivos. Cinco armadilhas fotográficas distribuídas pelas trilhas serão uma ferramenta auxiliar a técnica das parcelas de areia, ajudando na identificação das espécies encontradas. Os animais serão divididos em relação ao hábito alimentar e dieta preferencial, fato que contribuirá para a discussão nos processos ecológicos de restauração das áreas. O trabalho será co-orientado por pesquisador da área de fauna silvestre. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
CAES, Beatriz Rosangela Murbach. Mastofauna terrestre associada a áreas em processo de restauração na fazenda experimental Edgárdia, Botucatu –SP. 2009. 117 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciencias Agronomicas (Campus de Botucatu). Botucatu.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.