Busca avançada
Ano de início
Entree

Separação de células tronco de lipoaspirado humano por aptâmeros de DNA, seguida da caracterização dos fenótipos obtidos da diferenciação neuronal

Processo: 06/61286-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de maio de 2007
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica
Pesquisador responsável:Alexander Henning Ulrich
Beneficiário:Arthur Andrade Nery
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Células-tronco mesenquimais   Diferenciação neuronal   Fenótipo   Técnica de seleção de aptâmeros

Resumo

Os estudos conduzidos sobre células tronco adultas têm se focado em células tronco mesenquimais (MSC) encontradas principalmente na medula óssea. Assim como na medula óssea, o tecido adiposo também apresenta a possibilidade de isolarmos células tronco adultas, denominadas PLA, que são isoladas a partir de lipoaspirados humanos, e assim como as MSC, podem se diferenciar em diversas tipos de células inclusive neuronais. Visando processos de obtenção de células tronco a partir do lipoaspirado, o projeto tem como seu primeiro objetivo desenvolver, à partir da técnica SELEX (Systematic Evolution of Ligands by EXponential enrichment), moléculas de oligonucleotídeos denominados aptâmeros, capazes de se ligar especificamente às células PLA e assim, aumentar a rapidez da obtenção de células tronco durante a purificação do lipoaspirado. Essa separação seria baseada na assinatura molecular de membrana característica de células PLA, excluindo na purificação, as células que não apresentarem marcadores de células tronco e assim mantendo um alto índice de purificação. A partir desse processo de purificação de células, prosseguiremos com a caracterização da diferenciação neuronal das PLA, por meio da expressão gênica dos principais receptores ionotrópicos de neurotransmissores como os receptores colinérgicos (nAChR e mAChR), receptores purinérgicos (P2X), receptores de glutamato (AMPA e NMDA) e receptores ionotrópicos tipo A de GABA, os quais definem uma sinapse funcional e estão diretamente relacionados com o desenvolvimento neuronal de diferentes linhagens neuronais e doenças associadas ao sistema nervoso. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.