Busca avançada
Ano de início
Entree

Utilização da espectrometria de massas para controle de qualidade de meios de cultivo e do soro fetal bovino utilizado para a produção in vitro de embriões bovinos

Processo: 07/01458-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Vigência (Início): 01 de outubro de 2007
Vigência (Término): 31 de março de 2008
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Reprodução Animal
Pesquisador responsável:Christina Ramires Ferreira
Beneficiário:Christina Ramires Ferreira
Empresa:In Vitro Brasil Ltda
Vinculado ao auxílio:07/01400-1 - Utilização da espectrometria de massas para controle de qualidade de meios de cultivo e do soro fetal bovino utilizado para a produção in vitro de embriões bovinos, AP.PIPE
Assunto(s):Espectrometria de massas   Controle da qualidade   Soro   Bovinos   Fertilização in vitro   Embrião de animal

Resumo

A América Latina, em especial o Brasil, produz atualmente quase metade do número de embriões bovinos por Fertilização In Vitro (FIV) no mundo. Como forma de controle de qualidade, os meios utilizados para a Produção In Vitro (PIV) de bovinos são submetidos à medição do pH e da osmolaridade. Em algumas situações, avalia-se também a taxa de desenvolvimento embrionário de oócitos obtidos a partir de ovários de abatedouro. Os meios de PIV são misturas complexas de sais, proteínas, hormônios, carboidratos e vitaminas, os quais podem ter sua composição alterada devido à utilização constante, à forma armazenamento dos reagentes, e mesmo devido a erros técnicos durante sua preparação. As consequências podem envolver diminuição ou até ausência de desenvolvimento embrionário, causando prejuízos econômicos no sistema de PIV comercial. A Espectrometria de Massas (MS) é uma ferramenta analítica altamente sensível, utilizada para a identificação de compostos desconhecidos, para a quantificação espécies moleculares orgânicas, inorgânicas e complexas, e para elucidar a estrutura e as propriedades químicas moléculas de interesse. Utilizando-se MS, composto-alvos podem ser identificados em concentrações extremamente baixas (femtomols) em misturas quimicamente complexas. A técnica de Matrix-Assisted Laser Desorption/Ionization (MALDI) foi desenvolvida para a ionização de polipeptídios extensos e proteínas, mas sua aplicação foi estendida para glicoproteínas, oligonucleotídeos e carboidratos complexos. Uma grande vantagem da técnica de MALDI- Time of Flight (TOF) é que o processo de ionização branda causa fragmentação molecular mínima, permitindo a identificação de íons moleculares de analitos, mesmo em misturas. Esse projeto propõe o uso do espectrômetro de massas com a fonte de ionização MALDI-TOF como forma de controle de qualidade para os meios de PIV bovina. Serão obtidos perfis de relação massa/carga (m/z) dos constituintes dos meios (1) de maturação in vitro; (2) meio de FIV; (3) meio de CIV e (4) meio de transporte de embriões para transferência em vacas receptoras. Os íons obtidos serão comparados levando-se em conta o decorrer do tempo de armazenamento (0, 3, 7, 10 e 14 dias) a 4°C. Também serão avaliadas 7 partidas de Soro Fetal Bovino (SFB), o suplemento mais crítico do processo de PIV. Os resultados serão relacionados com os dados de produção de embriões utilizando-se oócitos obtidos a partir de ovários de abatedouro nos meios analisados por MALDI-TOF. Ainda serão avaliadas com a sensibilidade do MALDI-TOF as 16 alterações propositais na composição dos meios. Com a elaboração de espectros provenientes da subtração das intensidades dos íons observados em diferentes períodos de tempo, será possível identificar os componentes marcadores da qualidade do meio, estabelecendo um método abrangente e rápido de avaliação de qualidade e prazo de validade dos meios para a PIV de embriões bovinos. Em relação ao SFB, será definido um perfil ou alguns íons relacionados às melhores taxas de desenvolvimento embrionário. Os experimentos iniciais, relatados nesse projeto, demonstraram a obtenção de espectros consistentes, com presença de vários íons com intensidades absolutas significativas e sem a necessidade de processamento prévio da amostra. Dessa forma, pretende-se desenvolver um sistema simples, rápido e direto (pouco ou nenhum tratamento da amostra) para garantir comercialmente a qualidade dos meios utilizados na produção in vitro de embriões, já que a empresa In Vitro Brasil Ltda. produz os meios semanalmente em grande quantidade e os vende a duas filiais e a dois laboratórios parceiros. A possibilidade de CQ dos meios proporcionaria maior segurança para a expansão do sistema de distribuição dos meios, uma vez que esse produto influencia em grande parte o sucesso do processo de PIV. (AU)