Busca avançada
Ano de início
Entree

Desasfaltacao supercrítica de resíduos de petróleo

Processo: 06/59978-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2007
Vigência (Término): 30 de abril de 2010
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Química
Pesquisador responsável:Rubens Maciel Filho
Beneficiário:Erika Tomie Koroishi Blini
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia Química (FEQ). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:98/14384-3 - Integração de processos químicos contínuos em tempo real, AP.TEM
Assunto(s):Otimização de processos

Resumo

Atualmente, o Brasil encontra-se perto de uma grande demanda do consumo de asfalto, devido à reconstrução ou à construção de novas estradas e o investimento em tecnologia para garantir esta demanda, não somente no aspecto quantitativo, mas também visando melhorar a qualidade do asfalto é imprescindível. Este projeto tem por objetivo geral o estudo do processo de desasfaítação supercrítica em escala piloto de resíduos pesados e ultra pesados do petróleo obtidos por destilação a vácuo convencional e por destilação molecular. O trabalho visa à substituição do processo de extração líquido-líquido hoje utilizado para testes da desasfaítação, procurando introduzir ganhos operacionais, tais como redução de tempos de processamento e aumento da quantidade dos materiais obtidos ou seja otimização do processo. Os objetivos específicos deste trabalho são: revisão da literatura no que se refere à extração supercrítica ou quase-supercrítica de asfaltenos e resinas (Desasfaítação Supercrítica) de resíduos de petróleos; caracterização dos resíduos pesados para identificação da mistura a ser utilizada no extrator supercrítico; avaliação do equilíbrio de fases para cálculo de solubilidade nas condições supercrítica e quase supercrítica para misturas complexas; realização de experimentos e obtenção dos dados em uma unidade de separação supercrítica; otimização do processo utilizando o planejamento de experimentos e por fim comparação dos resultados obtidos através desta metodologia, usando extração supercrítica com planejamento fatorial, com os resultados obtidos pela via tradicional (extração líquido-líquido) no laboratório de Valoração do CENPES e, com os resultados de simulação com modelagem desenvolvida neste projeto. (AU)