Busca avançada
Ano de início
Entree

Translocação pigmentar em cromatóforos ovarianos do camarão de água-doce Macrobrachium olfersi (Crustacea, Decapoda): do receptor aos motores moleculares

Processo: 08/52647-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2008
Vigência (Término): 31 de julho de 2010
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia Comparada
Pesquisador responsável:John Campbell McNamara
Beneficiário:Sarah Ribeiro Milograna
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Transdução de sinais   Miosinas

Resumo

A translocação pigmentar em cromatóforos de crustáceos é um modelo excelente para compreender complexas cascatas de sinalização intracelular. Nosso laboratório emprega como modelo os cromatóforos ovarianos do camarão de água-doce Macrobrachium olfersi; já identificamos Ca2+ e GMP cíclico como importantes elementos da cascata de sinalização envolvida na translocação pigmentar. No entanto, desconhece-se a natureza do receptor do hormônio agregador de pigmento vermelho (RPCH), localizado na membrana plasmática. Pouco se sabe também dos efetuadores ativados pelo GMPc, como a proteína cinase G (PKG) e outras cinases e fosfatases que regulam a atividade dos motores moleculares, como a miosina e a cinesina, envolvidos respectivamente na agregação e na dispersão pigmentar. Ainda, desconhecem-se as classes específicas de miosina que efetuam a translocação pigmentar. Propusemos aqui investigar se o receptor do RPCH é do tipo acoplado à proteína G (GPCR) e avaliar o papel de cinases na transdução de sinal, bem como o tipo de miosina envolvida na agregação pigmentar. Assim, em uma preparação in vitro, perfundindo cromatóforos ovarianos, pretendemos estimular o sinal gerado por GPCRs, inibindo a formação do complexo proteína RGS/G*α (Gsα, Giα ou Gqα) com os compostos BMS-195270 e CCG-4986; inibir a PKG com RP-CGMPS-triethylamine; a cinase da cadeia leve da miosina (MLCK), com ML-7; a miosina fosfatase (MLCP), com cantharidin; e a miosina II não-muscular, com beblistatina. Pretendemos assim realizar a integração de importantes passos desta cascata de sinalização, de seu receptor a seus efetuadores. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MILOGRANA, SARAH RIBEIRO; RIBEIRO, MARCIA REGINA; BELL, FERNANDA TINTI; MCNAMARA, JOHN CAMPBELL. Pigment Translocation in Caridean Shrimp Chromatophores: Receptor Type, Signal Transduction, Second Messengers, and Cross Talk Among Multiple Signaling Cascades. JOURNAL OF EXPERIMENTAL ZOOLOGY PART A-ECOLOGICAL GENETICS AND PHYSIOLOGY, v. 325, n. 9, p. 565-580, NOV 2016. Citações Web of Science: 3.
MILOGRANA, SARAH RIBEIRO; RIBEIRO, MARCIA REGINA; ABDEL BAQUI, MUNIRA MUHAMMAD; MCNAMARA, JOHN CAMPBELL. Pigment granule translocation in red ovarian chromatophores from the palaemonid shrimp Macrobrachium olfersi (Weigmann, 1836): Functional roles for the cytoskeleton and its molecular motors. COMPARATIVE BIOCHEMISTRY AND PHYSIOLOGY A-MOLECULAR & INTEGRATIVE PHYSIOLOGY, v. 178, p. 90-101, DEC 2014. Citações Web of Science: 3.
MILOGRANA, SARAH RIBEIRO; BELL, FERNANDA TINTI; MCNAMARA, JOHN CAMPBELL. Signaling Events During Cyclic Guanosine Monophosphate-Regulated Pigment Aggregation in Freshwater Shrimp Chromatophores. BIOLOGICAL BULLETIN, v. 223, n. 2, p. 178-191, OCT 2012. Citações Web of Science: 5.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
MILOGRANA, Sarah Ribeiro. A translocação pigmentar em cromatóforos ovarianos do camarão de água doce Macrobrachium olfersi (Crustacea, Decapoda): do receptor aos motores moleculares. 2010. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto Ribeirão Preto.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.