Busca avançada
Ano de início
Entree

Quantificação de bactérias bênticas em duas enseadas de Ubatuba (SP): avaliação da resposta bacteriana ao aporte de matéria orgânica em sedimentos costeiros

Processo: 05/57516-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2006
Vigência (Término): 31 de maio de 2007
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Oceanografia - Oceanografia Biológica
Pesquisador responsável:Paulo Yukio Gomes Sumida
Beneficiário:Paula Carpintero de Moraes
Instituição-sede: Instituto Oceanográfico (IO). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Variabilidade

Resumo

Sedimentos de sistemas costeiros são importantes depósitos de matéria orgânica, cuja maior fração é remineralizada durante a diagênese recente. As bactérias representam a principal forma de biomassa do sistema marinho e desempenham um importante papel na decomposição da matéria orgânica, regenerando compostos inorgânicos essenciais. Além disso, estes microorganismos constituem a base da cadeia trófica bêntica podendo servir como principal fonte de alimento para a fauna. O presente projeto tem por objetivo avaliar a abundância e biomassa da comunidade bacteriana bêntica de duas enseadas na região costeira de Ubatuba (SP), relacionando-a ao aporte de matéria orgânica de diferentes fontes (marinha, terrestre e antrópica) e à estrutura da comunidade metazoária bêntica. Serão realizadas 6 coletas sazonais e pretende-se responder as seguintes hipóteses: 1. Durante os meses de maior produção fitoplanctônica na coluna de água há um aumento na abundância e biomassa bacteriana nos sedimentos; 2. Maiores valores de abundância e biomassa bacteriana ocorrem na camada superficial do sedimento diminuindo com o aumento da profundidade da coluna sedimentar; 3. Há maiores valores de abundância e biomassa bacteriana nas estações centrais de cada transecto, por conseqüência da maior deposição de matéria orgânica; 4. Os maiores valores de abundância e biomassa bacteriana bêntica ocorrem na enseada de Ubatuba; 5. O aumento da abundância e biomassa bacteriana acompanha um padrão geral da fauna bêntica como um todo. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
QUINTANA, CINTIA O.; DE MORAES, PAULA C.; YOSHINAGA, MARCOS Y.; WAKEHAM, STUART G.; SUMIDA, PAULO Y. G. Microbial biomass response to different quantities and sources of organic matter in Brazilian coastal sediments. MARINE ECOLOGY-AN EVOLUTIONARY PERSPECTIVE, v. 36, n. 3, p. 766-779, SEP 2015. Citações Web of Science: 2.
QUINTANA, CINTIA O.; BERNARDINO, ANGELO F.; DE MORAES, PAULA C.; VALDEMARSEN, THOMAS; SUMIDA, PAULO Y. G. Effects of coastal upwelling on the structure of macrofaunal communities in SE Brazil. JOURNAL OF MARINE SYSTEMS, v. 143, p. 120-129, MAR 2015. Citações Web of Science: 11.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
MORAES, Paula Carpintero de. Dinâmica bacteriana em sedimentos costeiros de Ubatuba, São Paulo. 2007. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Instituto Oceanográfico São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.