Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da frequência dè hipermetilação dós genes CDKN2A e MGMT Èm câncer de pênis e sua associação com o padrão dè expressão proteica e com variáveis clínicas e anatomopatológicas dás lesões

Processo: 07/50303-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2007
Vigência (Término): 31 de maio de 2011
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Anatomia Patológica e Patologia Clínica
Pesquisador responsável:Fernando Augusto Soares
Beneficiário:Luciane Tsukamoto Kagohara
Instituição-sede: Hospital A C Camargo. Fundação Antonio Prudente (FAP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:98/14335-2 - Antonio Prudente Cancer Research Center, AP.CEPID
Assunto(s):Neoplasias penianas

Resumo

O carcinoma de pênis é pouco freqüente e a maior parte dos casos são do subtipo epidermoide. A incidência dessa malignidade em países desenvolvidos não chega a representar 1% das neoplasias. No entanto, em países subdesenvolvidos o câncer de pênis constitui um problema de saúde pública, chegando a. representar 20% dos cânceres diagnosticados em homens. Os principais fatores de risco associados com o desenvolvimento desse tumor são as más condições de higiene, a baixa posição sócio-econômica, infecções pelo HPV e o número elevado de parceiros sexuais. Pouco se sabe a respeito dos aspectos moleculares do câncer de pênis, a maioria dos estudos a respeito do seu comportamento biológico restringem-se à avaliação por imunohistoquímica da expressão de proteínas. Uma vez que a hipermetilação de promotores gênicos têm sido associada a diferentes tipos tumorais em um número crescente de estudos, o presente trabalho visa avaliar o perfil de hipermetilação dos genes P16INKa e MGMT, em amostras incluídas em parafina de carcinoma epidermoide de pênis, através da técnica de pirosequeciamento e subseqüente validação dos dados por imunohistoquímica para as proteínas P16 e MGMT. A análise do perfil de hipermetilação visa avaliar a possível utilidade desse parâmetro como marcador molecular para o carcinoma de pênis. (AU)