Busca avançada
Ano de início
Entree

Contribuição para o período de defeso do camarão do estado de São Paulo: distribuição espaço-temporal das pós-larvas e juvenis dos camarões rosa (Farfantepenaeus spp), branco (Litopenaeus schmitti) e sete-barbas (Xiphopenaeus kroyeri) na região de Ubatuba, SP

Processo: 05/53050-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Apoio a Jovens Pesquisadores
Vigência (Início): 01 de maio de 2005
Vigência (Término): 30 de abril de 2009
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Morfologia dos Grupos Recentes
Pesquisador responsável:Rogério Caetano da Costa
Beneficiário:Rogério Caetano da Costa
Instituição-sede: Faculdade de Ciências (FC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Bauru. Bauru , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:04/07309-8 - Contribuição para o período de defeso do camarão do estado de São Paulo: distribuição espaço-temporal das pós-larvas e juvenis dos camarões rosa (Farfantepenaeus spp.), branco (Litopenaeus schmitti) e sete-barbas (Xiphopenaeus kroyeri) na região de Ubatuba, SP, AP.JP
Assunto(s):Camarão   Penaeidae

Resumo

Este trabalho visa o conhecimento da distribuição espaço-temporal dos estágios pós-larvais e juvenis dos camarões Farfantepenaeus brasiliensis, F. paulensis, Litopenaeus schmitti e Xiphopenaeus kroyeri (Decapoda, Penaeidae) em um estuário e uma enseada da região de Ubatuba, SP, com a finalidade de um melhor conhecimento do ciclo de vida destas espécies, bem como a contribuição das épocas ideais para implantação dos períodos de defeso. Deste modo, serão verificados os seguintes objetivos específicos: 1- identificar os principais períodos do ano em que ocorre a presença das pós-larvas e juvenis no estuário e na enseada; 2 - período de permanência dos juvenis e subadultos na enseada, e em termos espaciais; 3 - verificar distribuição das pós-larvas e dos juvenis das quatro espécies ao longo de um rio estuarino e na enseada adjacente (Ubatuba) em função de certos fatores abióticos; 4 - verificar a preferência quanto ao tipo de sedimento e a tolerância dos juvenis frente à variação de valores da salinidade em laboratório. As coletas serão realizadas nos períodos de lua cheia ou nova, mensalmente, durante o período de 2 anos em um rio estuarino e em uma enseada adjacente. Os animais e os fatores ambientais serão amostrados em sítios (transectos) ao longo do estuário e da enseada. De acordo com os resultados obtidos, serão efetuadas as análises estatísticas pertinentes. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
COSTA, ROGERIO C.; LOPES, MATEUS; CASTILHO, ANTONIO L.; FRANSOZO, ADILSON; SIMOES, SABRINA M. Abundance and distribution of juvenile pink shrimps Farfantepenaeus spp. in a mangrove estuary and adjacent bay on the northern shore of Sao Paulo State, southeastern Brazil. INVERTEBRATE REPRODUCTION & DEVELOPMENT, v. 52, n. 1-2, p. 51-58, DEC 2008. Citações Web of Science: 20.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.