Busca avançada
Ano de início
Entree

A moderação em excesso: estudo sobre a história das bebidas na sociedade colonial

Processo: 07/56643-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2008
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2010
Área do conhecimento:Ciências Humanas - História - História do Brasil
Pesquisador responsável:Henrique Soares Carneiro
Beneficiário:Lucas Endrigo Brunozi Avelar
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Império Português   Subjetividade   América Portuguesa

Resumo

Este projeto constitui desdobramento da pesquisa de iniciação científica intitulada "A ambigüidade da cachaça na sociedade luso-americana: remédio contra doenças e fonte de arruaças" (Processo FAPESP 05/56474-4), e se insere na linha de pesquisa coordenada pelo Prof. Henrique S. Carneiro, "As drogas na época moderna". Partindo do estudo das práticas sociais em que a aguardente de cana estava presente na América Portuguesa durante o século XVIII, pretendemos problematizar as funções sociais que a bebida adquiria naquele contexto, mapeando os efeitos dos usos das bebidas européias, a saber o vinho e a aguardente de uvas, na determinação desses significados. Nesse sentido, reconhecendo-se a complexidade do tema, o objetivo inicial é investigar as apropriações que alguns princípios da Antigüidade Clássica sofreram em confronto com as necessidades peculiares ao ambiente científico português do século XVIII, momento de implantação da sociedade disciplinar. Num segundo momento, pretende-se mapear como esse debate é atualizado a ponto de servir de base para a criação e produção de um discurso controlador dos corpos por meio da "teoria humoral" e da noção de moderação, que por sua vez se estende até a América Portuguesa. Tendo em vista as práticas sociais em que se engendraram subjetivações às bebidas alcoólicas, o questionamento se encaminha em direção aos limites e possibilidades da implantação desse projeto de controle na Luso-América. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
LUCAS ENDRIGO BRUNOZI AVELAR. A moderação em excesso: estudo sobre a história das bebidas na sociedade colonial. 2010. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.