Busca avançada
Ano de início
Entree

Purificação e caracterização bioquímica da alfa-glicosidase termoestável produzida por Thermoascus aurantiacus CBMAI 756

Processo: 06/01196-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2007
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2010
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Microbiologia Aplicada
Pesquisador responsável:Eleni Gomes
Beneficiário:Ana Flávia Azevedo Carvalho
Instituição-sede: Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José do Rio Preto. São José do Rio Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Estabilidade térmica   Purificação

Resumo

Os organismos termofílicos são de grande importância nos processos industriais principalmente devido à produção das enzimas termofílicas e termoestáveis. Estas têm trazido diversas vantagens para a indústria, pois atuam em elevadas temperaturas reduzindo riscos de contaminação por microrganismos mesofílicos, além de outras vantagens concernentes ao processo. As alfa-glicosidases (EC 3.2.1.20) estão envolvidas na etapa final do metabolismo do amido ou de outros carboidratos. Esta enzima é uma amilase que catalisa a quebra de ligações glicosídicas alfa-1,4 de sacarídeos curtos, liberando unidades de alfa-D-glicose. Podem ser divididas em duas famílias de acordo com a estrutura primária dos aminoácidos e na especificidade pelo substrato. Pertencem a família I as alfa-glicosidases de Saccharomyces cerevisiae, de Bacillus cereus, de Bacillus sp. e de insetos. Já à família II pertencem as alfa-glicosidases de Mucor javanicus, de Aspergillus niger, dos mamíferos e das plantas. A razão do interesse por essa enzima, além da utilização na indústria de alimentos, fornecer informações para melhor compreender o seu mecanismo de ação nos organismos vivos. Sabe-se que ausência da alfa-glicosidase no homem ocasiona a Doença de Pompe e a inibição dela é um método eficaz para o tratamento da imunodeficiência adquirida (HIV), vírus da hepatite B (HBV) e influenza. Assim, projetos de seqüenciamento desses genes em eucariontes podem fornecer informações a cerca da estrutura e dos mecanismos de informação que podem servir como base para estudos em humanos. O presente projeto propõe: a purificação da alfa-glicosidase produzida por Thermoascus aurantiacus; a caracterização bioquímica e físico-química da enzima purificada; o seqüenciamento do gene da alfa-glicosidase.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
CARVALHO, Ana Flávia Azevedo. Purificação e caracterização bioquímica da α-glicosidase termoestável produzida por Thermoascus aurantiacus CBMAI 756. 2010. 97 f. Tese de Doutorado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Instituto de Biociências (Campus de Rio Claro). Rio Claro.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.