Busca avançada
Ano de início
Entree

Prevalência de agentes bacterianos e virulência de linhagens de Rhodococcus equi isoladas de suínos e javalis de abatedouro, com e sem linfadenite

Processo: 06/59298-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2007
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Medicina Veterinária Preventiva
Pesquisador responsável:Marcio Garcia Ribeiro
Beneficiário:Gustavo Henrique Batista Lara
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:06/50406-0 - Fatores de virulência, epidemiologia molecular e reflexos em saúde pública de linhagens de Rhodococcus equi isoladas de animais, do homem e do ambiente, AP.JP
Assunto(s):Linfadenite   Virulência   Prevalência   Rhodococcus equi   Suínos

Resumo

A linfadenite em suínos é caracterizada predominantemente por etiologia bacteriana, apresentando-se como processos (pio)granulomatosos, gerando prejuízos com o descarte de carcaças, assim como reflexos em saúde pública. Dentre os agentes infecciosos, com potencial zoonótico, destaca-se a participação na casuística da linfadenite em suínos do gênero Mycobacterium e de Rhodococcus equi. Nos suínos a rodococose manifesta-se geralmente sob a forma de linfadenite, semelhante à tuberculose, embora não progressiva. No homem, a rodococose é considerada, nos últimos anos, zoonose emergente, especialmente em pacientes imunossuprimidos, acometidos de AIDS. A caracterização atual da virulência de linhagens de R. equi aponta que as estirpes de virulência intermediária predominam em pacientes acometidos por AIDS e em linfonodos de suínos. Não está completamente esclarecido a epidemiologia da rodococose humana, embora grande parte dos pacientes tenham histórico de contato com animais ou ambiente rurais. Tampouco está esclarecido o papel dos suínos ou javalis como mantenedores ou fontes de. infecção de R. equi para o homem. São escassos ou quase incipientes os estudos no país quanto a caracterização da virulência de R. equi isolados de animais - especialmente suínos e javalis -, tampouco a comparação com isolados do homem. O presente estudo pretende investigar a prevalência de agentes bacterianos e virulência de R. equi isolados de linfonodos de suínos e javalis de abatedoro, com e sem linfadenite. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
RIBEIRO, MARCIO GARCIA; TAKAI, SHINJI; GUAZZELLI, ALESSANDRO; BATISTA LARA, GUSTAVO HENRIQUE; DA SILVA, ARISTEU VIEIRA; FERNANDES, MARTA CATARINA; ZENI CONDAS, LARISSA ANUSKA; SIQUEIRA, AMANDA KELLER; SALERNO, TATIANA. Virulence genes and plasmid profiles in Rhodococcus equi isolates from domestic pigs and wild boars (Sus scrofa) in Brazil. Research in Veterinary Science, v. 91, n. 3, p. 478-481, DEC 2011. Citações Web of Science: 8.
BATISTA LARA, GUSTAVO HENRIQUE; RIBEIRO, MARCIO GARCIA; FUJIMURA LEITE, CLARICE QUEICO; PAES, ANTONIO CARLOS; GUAZZELLI, ALESSANDRO; DA SILVA, ARISTEU VIEIRA; BARRETO SANTOS, ADOLFO CARLOS; PAGANINI LISTONI, FERNANDO JOSE. Occurrence of Mycobacterium spp. and other pathogens in lymph nodes of slaughtered swine and wild boars (Sus scrofa). Research in Veterinary Science, v. 90, n. 2, p. 185-188, APR 2011. Citações Web of Science: 34.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
LARA, Gustavo Henrique Batista. Ocorrência da Mycobacterium spp e outros microrganismos em linfonodos de suínos e javalis de abatedouro, com e sem linfadenite. 24 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia Botucatu.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.