Busca avançada
Ano de início
Entree

Características neuropsicológicas no transtorno obsessivo-compulsivo e seu impacto na resposta ao tratamento

Processo: 06/58286-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2007
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2009
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Psiquiatria
Pesquisador responsável:Eurípedes Constantino Miguel Filho
Beneficiário:Carina Chaubet Dalcante
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:05/55628-8 - Caracterização fenotípica, genética, imunológica e neurobiológica do transtorno obsessivo-compulsivo e suas implicações para o tratamento, AP.TEM
Assunto(s):Neuropsicologia   Funções executivas

Resumo

A literatura cientifica sugere que pacientes com Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC) apresentam dificuldades cognitivas, que persistem mesmo após remissão dos sintomas obsessivo-compulsivos. Os déficits encontrados são basicamente nas funções executivas, no que diz respeito a estratégias de planejamento, organização de informações, funções visuoespaciais e verbais. A principal limitação desses estudos é o fato de variáveis como presença de comorbidades e uso de medicação não terem sido controladas. Objetivo: Investigar funções executivas em pacientes com TOC sem uso prévio de medicação e compará-los a controles normais (indivíduos saudáveis). Avaliar se subgrupos de pacientes com TOC apresentam diferentes perfis neuropsicológicos. Avaliar o impacto destas alterações neuropsicológicas na resposta ao tratamento psicoterápico, terapia cognitivo-comportamental em grupo (TCCG) ou resposta ao tratamento medicamentoso (fluoxetina). Método: Serão submetidos a avaliação neuropsicológica antes do início do tratamento 40 pacientes com TOC (Grupo 1), e 40 controles saudáveis (Grupo 2), pareados por gênero, idade e escolaridade. Os pacientes com TOC serão divididos em 2 subgrupos: 20 serão submetidos a um protocolo de 12 semanas de TCCG e 20 serão submetidos a tratamento medicamentoso com fluoxetina pelo mesmo período. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
HOEXTER, MARCELO Q.; DOUGHERTY, DARIN D.; SHAVITT, ROSELI G.; D'ALCANTE, CARINA C.; DURAN, FABIO L. S.; LOPES, ANTONIO C.; DINIZ, JULIANA B.; BATISTUZZO, MARCELO C.; EVANS, KARLEYTON C.; BRESSAN, RODRIGO A.; BUSATTO, GERALDO F.; MIGUEL, EURIPEDES C. Differential prefrontal gray matter correlates of treatment response to fluoxetine or cognitive-behavioral therapy in obsessive-compulsive disorder. European Neuropsychopharmacology, v. 23, n. 7, p. 569-580, JUL 2013. Citações Web of Science: 29.
D'ALCANTE, CARINA C.; DINIZ, JULIANA B.; FOSSALUZA, VICTOR; BATISTUZZO, MARCELO C.; LOPES, ANTONIO C.; SHAVITT, ROSELI G.; DECKERSBACH, THILO; MALLOY-DINIZ, LEANDRO; MIGUEL, EURIPEDES C.; HOEXTER, MARCELO Q. Neuropsychological predictors of response to randomized treatment in obsessive-compulsive disorder. PROGRESS IN NEURO-PSYCHOPHARMACOLOGY & BIOLOGICAL PSYCHIATRY, v. 39, n. 2, p. 310-317, DEC 3 2012. Citações Web of Science: 35.
HOEXTER, MARCELO QUEIROZ; DE SOUZA DURAN, FABIO LUIS; D'ALCANTE, CARINA CHAUBET; DOUGHERTY, DARIN DEAN; SHAVITT, ROSELI GEDANKE; LOPES, ANTONIO CARLOS; DINIZ, JULIANA BELO; DECKERSBACH, THILO; BATISTUZZO, MARCELO CAMARGO; BRESSAN, RODRIGO AFFONSECA; MIGUEL, EURIPEDES CONSTANTINO; BUSATTO, GERALDO FILHO. Gray Matter Volumes in Obsessive-Compulsive Disorder Before and After Fluoxetine or Cognitive-Behavior Therapy: A Randomized Clinical Trial. NEUROPSYCHOPHARMACOLOGY, v. 37, n. 3, p. 734-745, 2011. Citações Web of Science: 69.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.