Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da interferência do fenômeno de eletroporacoa na função das junções gap e na expressão da conexina 26 em cultura de células de melanoma b16/f10 e b16/bl6

Processo: 07/51972-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2007
Vigência (Término): 31 de outubro de 2008
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Patologia Animal
Pesquisador responsável:Maria Lucia Zaidan Dagli
Beneficiário:Marcelo Monte Mór Rangel
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Conexinas   Melanoma   Neoplasias   Eletroporação

Resumo

As junções gap são canais protéicos da membrana, formados por conexinas. Alterações na morfologia celular e nas características elétricas do meio em que as células se encontram podem interferir na função das junções gap e na expressão das conexinas. Pesquisas têm revelado que alterações na função das junções gap e na função das conexinas participam da carcinogênese na fase de progressão do câncer. A eletroporação é um fenômeno que promove a formação de poros na membrana celular através da sua desestabilização por aplicação de pulsos elétricos. Este fenômeno é utilizado na eletraquimioterapia, pesquisas em terapia gênica, desenvolvimento de drogas dentre outras utilidades. Dessa forma será avaliada a interferência do fenômeno de eletroporação na função das junções gap e expressão das conexinas e suas possíveis implicações no desenvolvimento de novas terapias contra o câncer. Serão realizadas técnicas de eletroporação, biologia molecular aplicadas, análises citopatológicas funcionais e morfológicas da conexina 26 em cultura de células de melanomas B16/F10 e B46/BL6. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.