Busca avançada
Ano de início
Entree

Modelagem teórico experimental para otimização da BAC como nova metodologia para controle de qualidade na desintegração de formas farmacêuticas sólidas

Processo: 07/02313-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2007
Vigência (Término): 31 de julho de 2009
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia - Farmacotecnia
Pesquisador responsável:José Ricardo de Arruda Miranda
Beneficiário:Paulo Roberto da Fonseca Filho
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Física médica   Biosusceptometria de corrente alternada   Processamento de imagens

Resumo

A administração oral de formas farmacêuticas sólidas é amplamente utilizada na terapêutica, sendo a absorção de uma droga dependente da desintegração da forma farmacêutica sólida e concomitante dissolução pelos fluidos gastrintestinais. O processo de desintegração pode ser influenciado de acordo com a constituição da forma farmacêutica e também por parâmetros relacionados ao trato gastrintestinal humano, como diferenças no pH, padrão de motilidade e estado prandial. Porém, antes de qualquer emprego, são necessários estudos in vitro para viabilizar a comercialização de um novo produto. Geralmente a avaliação passa por uma análise da força de desintegração em função do tempo. Nesse sentido, diversos modelos teóricos de simulação foram propostos.Recentemente, técnicas biomagnéticas foram propostas, destacando-se a Biosusceptometria de Corrente Alternada (BAC). A BAC detecta a variação de fluxo magnético, obtida como resposta de um material, a um campo magnético alternado aplicado ao meio biológico. Esta técnica tem como principais características o baixo custo, a não-invasividade, além de ser desprovida de radiação ionizante. A BAC foi bastante efetiva ao monitorar formas farmacêuticas magnéticas no TGI humano, inserindo-se como uma nova metodologia para a pesquisa farmacêutica. Sua performance em avaliar através de imagens o processo de desintegração in vitro e in vivo foram comprovados.Uma efetiva análise e correlação com modelos teóricos através de dados experimentais serão realizadas no intuito de relacionar os dados desta nova instrumentação com os modelos empregados em farmacotécnica, vislumbrando uma convalidação para utilização desta metodologia no controle de qualidade de FFS. Para tanto, técnicas de filtragem e processamento de imagens serão empregadas para aperfeiçoar, otimizar e padronizar as imagens magnéticas. Portanto, este estudo tem como objetivo utilizar a BAC multisensores para avaliar o processo de desintegração de comprimidos magnéticos revestidos in vitro, simulando efeitos de diferentes desintegrantes e força de compressão para modelar os resultados biomagnéticos frente aos padrões (modelos) empregados em farmacotécnica.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
RODRIGO SARTORELO SALEMI VIANA; HELENICE DE OLIVEIRA FLORENTINO; ERNESTO AUGUSTO BUENO DA FONSECA LIMA; PAULO ROBERTO DA FONSECA; THIAGO PEDRO DONADON HOMEM. Heterogeneity correction in the construction of optimized planning in radiotherapy using linear programming. Pesquisa Operacional, v. 31, n. 3, p. -, Dez. 2011.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.