Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização espectral e avaliação de desempenho para Formatos Avançados de Modulação digital óptica em 40 Gb/s

Processo: 07/02191-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2007
Vigência (Término): 31 de agosto de 2009
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Elétrica - Telecomunicações
Pesquisador responsável:Helio Waldman
Beneficiário:Francisco Augusto da Costa Garcia
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia Elétrica e de Computação (FEEC). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Comunicação óptica   Sistemas ópticos   Modulação digital

Resumo

Desde o seu aparecimento nos anos 70 do século passado, os sistemas de transmissão digital por fibra óptica utilizam modulação em intensidade (IM), apesar de este formato ser sabidamente ineficiente tanto na utilização de banda como de potência. A opção pelo formato IM esteve associada a dificuldades tecnológicas de implementação, bem como à percepção de abundância de banda da fibra óptica em relação à velocidade limitada dos enlaces e, a partir do advento dos amplificadores ópticos, das facilidades de ganho óptico para compensar as perdas na fibra. Hoje, porém, estes fatores estão mudando. O desenvolvimento da fotônica permite contemplar o uso de novos formatos de modulação envolvendo manipulação da amplitude e da fase da portadora óptica. Por outro lado, a hipótese de sobra de banda na fibra começa a ser relativizada, na medida em que o espaçamento entre comprimentos de onda em sistemas DWDM é reduzido a 50 GHz e talvez até menos no futuro, enquanto as taxas de bit por canal sobem a 40 Gbps na próxima geração de sistemas. Ademais, a motivação para o aumento do alcance e da capacidade de transporte de sistemas ópticos com multiplexação por divisão em comprimento de onda (WDM) se deve também ao anseio de dar suporte à demanda crescente por largura de banda com o menor custo por bit de informação transportado. Em outras palavras, buscam-se formatos de modulação digital óptica com elevada eficiência espectral. Portanto, este projeto tem por objetivo caracterizar espectralmente formatos de modulação digital óptica candidatos para transmissão em 40 Gbps. O projeto é também fortemente comprometido com os objetivos de imersão do candidato como mestrando no grupo de pesquisa proponente, que compõe o Núcleo de Excelência em Conectividade Óptica do Programa PRONEX/FAPESP e o Projeto KyaTera/TIDIA/FAPESP como Laboratório Associado.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
GARCIA, Francisco Augusto da Costa. Caracterização espectral e avaliação de desempenho para formatos avançados de modulação digital optica em 40 Gb/s. 2009. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Faculdade de Engenharia Elétrica e de Computação.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.