Busca avançada
Ano de início
Entree

Carcere, trabalho e direito na formacao do capitalismo: uma analise das obras "punicao e estrutura social", vigiar e punir" e carcere e fabrica".

Processo: 07/52621-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2007
Vigência (Término): 20 de novembro de 2007
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Sociologia - Outras Sociologias Específicas
Pesquisador responsável:Márcio Bilharinho Naves
Beneficiário:Giselle Sakamoto Souza Vianna
Instituição-sede: Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Marxismo   Prisões   Punição   Século XIX   Teoria crítica

Resumo

O presente projeto de pesquisa propõe uma revisão bibliográfica a partir das obras "Punição e Estrutura Social", de Georg Rusche e Otto Kirchheimer, "Vigiar e Punir: nascimento da prisão", de Michel Foucault, e "Cárcere e Fábrica: as origens do sistema penitenciário (séculos XVI-XIX), de Dario Melossi e Massimo Pavarini, com o objetivo de analisar as relações entre o trabalho assalariado, a instituição carcerária e a instância jurídica modernas, retomadas em seu momento de consolidação histórica, no século XIX e referidas ao próprio desenvolvimento do capitalismo. Nossa abordagem será pautada na compreensão das inter-relações que se configuram entre tais fenômenos e, principalmente, das determinações do modo de produção capitalista implicadas nos mesmos. Para tanto, recorrer-se-á à literatura marxista sobre a relação prisão/mercado de trabalho, linha de pesquisa inaugurada por Rusche e Kirchheimer no final da década de 30 e que influenciou, de maneiras e em graus diversos, nas décadas de 60 e 70, tanto a obra de Michel Foucault quanto a de Melossi e Pavarini. Nosso estudo ater-se-á também à análise das convergências e divergências entre as abordagens destes autores, inclusive adentrando o debate acerca da possível afinidade entre o pós-estruturalismo de Foucault e Teoria Crítica. Na abordagem da instância jurídica, imbricada necessariamente na relação prisão/mercado de trabalho, servir-nos-emos do aporte dos estudos críticos do direito, em parte incorporados nas análises de alguns dos autores citados, procurando resgatar não só a ossatura capitalista do direito moderno, mas também a compreensão histórica em que se contextualiza a construção da teoria do direito e sua consolidação racionalista no século XIX. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
VIANNA, Giselle Sakamoto Souza. Disciplina, direito e subjetivação : uma análise de punição e estrutura social, vigiar e punir e cárcere e fábrica. 2010. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Instituto de Filosofia e Ciências Humanas.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.