Busca avançada
Ano de início
Entree

Vulnerabilidade sociodemográfica e famílias na Região Metropolitana de Campinas

Processo: 07/52575-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2007
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Demografia - Nupcialidade e Família
Pesquisador responsável:Elisabete Doria Bilac
Beneficiário:Carla Sabrina Favaro
Instituição-sede: Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:03/09043-2 - Dinâmica intrametropolitana e vulnerabilidade sócio-demográfica nas metrópoles do interior paulista: Campinas e Santos, AP.TEM
Assunto(s):Vulnerabilidade   Redes sociais   Capital social

Resumo

Dando continuidade aos trabalhos desenvolvidos pelo projeto temático "Dinâmica Intrametropolitana e Vulnerabilidade Sociodemográfica nas Metrópoles do Interior Paulista: Campinas e Santos" e pelo projeto integrado "Vulnerabilidade Sociodemográfica e Famílias em Regiões Metropolitanas Paulistas", a pesquisa aqui proposta tem como objetivo analisar as lógicas familiares de domicílios com chefia feminina, em um contexto urbano. Nesse sentido, é muito importante colocar, de acordo com Safa (1999), que a chefia feminina pode ser um processo decorrente da pobreza e não uma causa dela e que também, nas palavras da autora (p. 10), "las unidades domésticas encabezadas por mujeres no necessariamente son las más pobres, y que cuentan con los recursos para funcionar como famílias sanas e estables". Uma questão muito importante, no interior dos casos de chefia feminina, é entender em que grau esses domicílios fazem uso de redes de solidariedade como uma estratégia familiar de manutenção do grupo. Diante da ausência do homem, várias mulheres fazem uso de sua rede de parentesco, muitas vezes estendendo a família com outros membros, com o objetivo de melhorar as condições de vida de suas unidades domésticas. Dessa maneira, é de fundamental importância, analisar como esses domicílios se articulam, formando redes sociais, na tentativa de obterem benefícios e adquirirem capital social nas suas comunidades. Pretende-se, então, a partir desse projeto, tentar compreender como se dá a constituição de redes sociais, levando em conta as dimensões de gênero, os conceitos de família, de chefia feminina e capital social. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
FAVARO, Carla Sabrina. Ser pai e mãe ao mesmo tempo : organização domestica, estrategias familiares e redes sociais de mulheres chefes de domicilios monoparentais. 2009. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Instituto de Filosofia e Ciências Humanas.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.