Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise do perfil de expressão gênica de linhagens tumorais luminais mamárias humanas submetidas ao tratamento com rapamicina associada a doxorrubicina

Processo: 07/52140-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2007
Vigência (Término): 30 de abril de 2009
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Maria Mitzi Brentani
Beneficiário:Adriana Priscila Trapé
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:04/04607-8 - Sinalização heterotípica entre células epiteliais tumorais e fibroblastos no carcinoma de mama, AP.TEM
Assunto(s):Sirolimo   Doxorrubicina   Neoplasias mamárias

Resumo

A via PI3K/Akt/mTOR possui papel central nos processos de tradução envolvidos com o desenvolvimento de diversos tipos de cânceres. Em relação ao câncer de mama, os resultados obtidos por diversos trabalhos in vitro e in vivo sugerem que a superexpressão de HER-2, quando acompanhada pela superativação dessa via, pode conferir maior sensibilidade tumoral ao tratamento com fármacos inibidores de mTOR, tais como a rapamicina. Entretanto, estudos clínicos não mostraram os mesmos resultados positivos apresentados pelos ensaios pré-clínicos, o que torna interessante estudar os efeitos da associação da rapamicina com outros agentes, com o objetivo de determinar a combinação capaz de favorecer a susceptibilidade tumoral aos inibidores de mTOR. A associação entre a rapamicina e a doxorrubicina no tratamento de linhagens tumorais mamárias mostraram resultados promissores. Entretanto, tais resultados foram obtidos pela análise das taxas de apoptose celular, não sendo encontrados na literatura estudos que avaliaram os efeitos dessa associação por análises de perfil de expressão gênica. Considerando o envolvimento de receptores HER-2 na resposta tumoral à rapamicina e à doxorrubicina, e que a maioria dos cânceres de mama se apresentam como luminais, a proposta do presente trabalho é analisar o perfil de expressão gênica de linhagens tumorais luminais mamárias humanas caracterizadas por diferentes níveis de expressão de HER-2, submetidas ao tratamento com rapamicina associada à doxorrubicina. (AU)